Edição 297Outubro 2019
Quarta, 13 De Novembro De 2019
Editorias

Publicado na Edição 297 Outubro 2019

Divulgação

Folclore e tradições

Coluna da Santíssima Trindade, na Praça Alta, em Olomouc

Folclore e tradições

Olomouc, a antiga capital do reino da Morávia, sempre esteve entre os lugares mais importantes do Reino Tcheco. Graças à sua localização, à antiga universidade, às tradições eclesiásticas e culturais, durante séculos foi o centro natural da Morávia. O coração histórico de Olomouc, inscrito na lista de Patrimônio da Humanidade da Unesco, depois de Praga é a segunda mais importante reserva de monumentos da Tchéquia – como deve ser chamada a República Tcheca. Imperdível é provar a especialidade local, o olomoucké tvarùžky, queijo curado famoso por seu intenso sabor e odor.

O monumento mais importante de Olomouc é a Coluna da Santíssima Trindade, na Praça Alta. Trata-se do maior agrupamento de esculturas barrocas da Europa Central. Desde a vizinha Torre da Prefeitura, há belas vistas panorâmicas. Além de uma série de edifícios, o Relógio Astronômico, pintado no estilo do realismo socialista, figura entre as curiosidades de Olomouc. A rica história da cidade é descoberta durante visita à Fortaleza de Oloumouc, que, com suas muralhas e extensos quartéis, resistiu aos ataques do exército da Prússia.

A parte oriental da Tchéquia é composta por Morávia e Silésia. Estes dois territórios têm história e atrativas condições geográficas. Ao Norte há montanhas, e ao Sul, planícies – com reservatórios, lagos, lagoas, formações cársicas. Há muitas oportunidades para atividades esportivas. É recomendável a visita aos vários monumentos históricos.

As tradições folclóricas estão por todos os lados. Os trajes festivos locais são conhecidos no mundo inteiro. A área fértil ao longo do rio Morava é, geralmente, denominada Haná. Aqui estão os picos das montanhas Oderské e Hostýnské vrchy, e o Monte Chøiby. A coroa imaginária é fechada pelo Planalto de Drahanská. Está aqui o precipício mais profundo da Europa Central – o Hranická propast. Pelo que foi até agora apurado, a profundidade alcança 329,5 metros.

A parte Norte da Morávia, que inclui a região da Silésia Tcheca, tem caráter montanhoso. Na parte Sul, avança entre montanhas a região fértil de Pomoraví, Porta da Morávia. Precisamente, por aqui passava a rota do sal e do âmbar. Um emblema desta região é Ostrava e seus monumentos de aço. A Oeste da região, o que mais atrai os turistas são o maciço de Jeseníky e as Montanhas Rychlebské. Mais em www.czechtourism.com