Edição 310Novembro 2020
Domingo, 29 De Novembro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 310 Novembro 2020

Divulgação

Fonoterapia após internação

Uma semana de intubação pode gerar problemas na voz

Fonoterapia após internação

Na esteira das complicações pós-Covid-19 diversas especialidades médicas passaram a olhar para outros problemas gerados, entre os quais, os relacionados à voz, em decorrência do processo de intubação muitas vezes necessário ao tratamento. Segundo a fonoaudióloga Bruna Rainho Rocha, do Hospital Paulista, na capital, sete dias de intubação podem ser suficientes para gerar complicações relacionadas à laringe.

A rouquidão é sintoma mais frequentes após a intubação do paciente e costuma ser temporária. Mas, há situações graves, que podem gerar fraqueza na voz. “As pregas vocais ficam localizadas na laringe, por onde passa o tubo orotraqueal para a intubação. A laringe é muito sensível e pode ser comprometida por inúmeras causas, desde trauma, por uma intubação de emergência ou de difícil exposição, até por um tempo longo de permanência da cânula em contato com a mucosa da laringe”. Para pacientes que passaram muito tempo intubados é indicada a fonoterapia para adequação da qualidade vocal. Nestes casos, é importante recorrer inicialmente a um otorrinolaringologista, que realizará o diagnóstico do problema e o fonoaudiólogo definirá a melhor conduta para cada caso.

Outro problema é a fadiga vocal, com prejuízos na fala, devido ao uso de máscara – necessária desde o início da pandemia. “As máscaras de proteção contra doenças podem atenuar o som da fala em até 12 decibéis, dependendo do tipo”.

Publicado na Edição 310 Novembro 2020

Divulgação

Polinose. Você sabe o que é?

Primavera e a incidência de doenças respiratórias

Polinose. Você sabe o que é?

Popularmente conhecida como alergia ao pólen, a polinose é uma rinite alérgica estimulada pelo pólen das flores, árvores e plantas herbáceas que, quando espalhadas pelo vento, causam rino-conjuntivite e asma. Seus sintomas são vermelhidão, inchaço e lacrimejamento dos olhos, além de espirros, coceira, obstrução e escorrimento nasal.

“Com a polinização das plantas e a florescência das árvores nesta época do ano, a quantidade de grãos de pólen transportados pelo ar aumenta, causando maior incomodo naqueles que já sofrem de alergias provocadas por outros agentes como ácaros, pelos de …

Leia mais

Publicado na Edição 309 Outubro 2020

Divulgação

Esquizofrenia. Pandemia pode dificultar tratamento

Isolamento social compromete diagnóstico precoce e adesão

Esquizofrenia. Pandemia pode dificultar tratamento

Estudo mostra que a pandemia do novo coronavírus tende a piorar o cenário da esquizofrenia. Além de dificultar o diagnóstico, potencializado pelo isolamento social, pode aumentar o risco de recaídas em pacientes com esquizofrenia, pois o estresse e restrições resultantes da quarentena podem acarretar a piora dos sintomas psiquiátricos que, quando não estabilizados, têm mais chances de resultar em novos surtos.

Dados de pesquisa realizada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em 130 países, mostra que a pandemia interrompeu os serviços essenciais de saúde mental em 93% dos …

Leia mais

Publicado na Edição 309 Outubro 2020

Divulgação

Mais queixas de dores na coluna

Piora com isolamento social e trabalho em home office

Mais queixas de dores na coluna

O corpo sente as consequências da nova rotina imposta pela pandemia. Uma pesquisa da Fiocruz revelou que 50% das pessoas que tinham dor crônica na coluna pioraram durante o isolamento social e o trabalho em home office. Neste contexto, combinam a falta de atividade física, o uso excessivo do computador e as mudanças nas tarefas domésticas.

Entre os problemas elencados está a dor no nervo ciático. Segundo o médico ortopedista Rafael Barreto, o ciático é o nervo mais longo do corpo humano e responsável pelos movimentos dos músculos …

Leia mais

Publicado na Edição 309 Outubro 2020

Apneia Obstrutiva do Sono

O Hospital Paulista alerta para a Síndrome da Apneia Obstrutiva do Sono (SAOS), que pode afetar pequenos de todas as idades, sendo mais prevalente entre 3 e 5 anos. As crianças que apresentam essa condição têm paradas respiratórias durante o sono, prejudicando a ventilação pulmonar e a oxigenação.

De acordo com Renata Christofe Garrafa, otorrinolaringologista do Hospital Paulista, é muito importante que os pais fiquem atentos aos principais sinais emitidos pelas crianças durante o sono, para que possam consultar um médico e indicar os problemas. “O principal sintoma …

Leia mais

Publicado na Edição 308 Setembro 2020

Divulgação

Doença negligenciada

Maior frequência da doença de Chagas é na Bacia Amazônica, em áreas com alta produção e consumo de açaí

Doença negligenciada

Os 2.470 casos de doença de Chagas relatados desde 1965 ocorreram na América Latina e foram causados principalmente pela ingestão de açaí contaminado. A taxa de letalidade foi de aproximadamente 1%. O estudo, denominado “Letalidade por doença de Chagas aguda transmitida por via oral: uma revisão sistemática e metanálise”, foi publicado em agosto na revista Clinical Infectious Diseases (CID – Doenças Infecciosas Clínicas), da Associação Americana de Doenças Infecciosas.

Segundo um dos autores do estudo, o cardiologista Miguel Morita Fernandes Silva, os resultados oferecem informações para políticas públicas …

Leia mais

Publicado na Edição 308 Setembro 2020

Alerta para a proliferação da catapora

A Primavera esconde um vilão: a proliferação de vírus e bactérias que causam diferentes doenças, como roséola, eritema infeccioso, escarlatina e a temida catapora. Estudos mostram que no Brasil, entre os meses de setembro e outubro, há um aumento nos casos de varicela, ou catapora, como é conhecida. A varicela é causada pelo vírus Varicela-Zoster. No Brasil apenas 10% da população com mais de 25 anos de idade não teve a doença.

A varicela costuma apresentar um curso benigno, mas em adultos tem um maior potencial de letalidade, …

Leia mais

Publicado na Edição 308 Setembro 2020

Atendimento reduz no HSPE

Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo (HSPE) constatou redução de 82% neste Inverno na procura por atendimento para tratar moléstias infecciosas, como gripe, resfriado, bronquiolite, conjuntivite viral, entre outras enteroviroses, em comparação ao mesmo período de 2019. Um dos motivos, segundo a gerente clínica e infectologista do HSPE, Andrea Almeida, foi a redução de circulação nos espaços públicos e a adoção de medidas de prevenção à Covid-19, como uso de máscaras, higienização das mãos e isolamento social. A queda nos atendimentos no PS Infantil também é …

Leia mais

Publicado na Edição 307 Agosto 2020

Divulgação

Perda de sensibilidade

Neuropatia periférica: diabetes e a deficiência de vitamina B

Perda de sensibilidade

Apesar do nome estranho, a neuropatia periférica é uma doença bem comum e estima-se que de 2 a 8% dos adultos tenham o distúrbio. É caracterizada pela perda da sensibilidade nas extremidades do corpo, causada pelo comprometimento dos nervos periféricos responsáveis por levar informações até o sistema nervoso central. Quase sempre, a neuropatia periférica está associada a outra doença. Entre as causas mais comuns estão a diabetes e a deficiência de vitamina B. “Estudos sugerem que a neuropatia identificada no momento do diagnóstico da diabetes gira em torno …

Leia mais

Publicado na Edição 307 Agosto 2020

Divulgação

Pimenta é grande aliada da pele

Ação antioxidante impede a criação de radicais livres

Pimenta é grande aliada da pele

A pimenta, um dos condimentos mais consumidos no mundo, é uma grande aliada da pele. A vermelha, rica em antioxidantes, principalmente os carotenoides, pigmento precursor da vitamina A, tem ação antioxidante que impede a criação de radicais livres, protegendo a pele do envelhecimento cutâneo precoce.

Para aqueles que não consomem a pimenta in natura, a boa notícia é que estudo feito pela Universidade Federal da Paraíba sobre a avaliação do potencial antioxidante da pimenta, realizado com o molho da pimenta vermelha, aponta a presença desses carotenoides, mostrando que …

Leia mais

Publicado na Edição 307 Agosto 2020

Pandemia agrava saúde ocular

A pandemia piorou ainda mais a saúde ocular do brasileiro, afirma o oftalmologista Leôncio Queiroz Neto, do Instituto Penido Burnier, de Campinas. Ele argumenta que a quarentena e o medo da Covid-19 fizeram muitas pessoas falharem na periodicidade das consultas oftalmológicas. Resultado: na retomada das atividades do hospital, uma das queixas mais frequentes tem sido a dor de cabeça decorrente de lentes de contato e óculos com grau desatualizado. Outra causa da dor de cabeça é o aumento de horas em frente ao computador, o que resulta em …

Leia mais

Publicado na Edição 306 Julho 2020

Divulgação

Um pouco de natureza no lar

Horta medicinal: tratamento integrativo para aumentar a imunidade e tratar doenças

Um pouco de natureza no lar

Muitas pessoas passaram a cuidar melhor das plantas e a se interessar mais em ter um pouco de natureza no lar a partir da permanência em casa em razão do distanciamento social provocado pela pandemia do novo coronavírus. Ter uma horta em casa é prazeroso e pode até ser terapêutico, pois as plantas fazem com que o ambiente adquira uma beleza natural, tornando-o mais leve e aconchegante. Além de contribuir com a decoração, o jardim pode conter plantas que são benéficas para a saúde física e psicológica, o …

Leia mais

Publicado na Edição 306 Julho 2020

Divulgação

Transcender o mecanismo cerebral

Meditação não deve ser vista como algo simplista

Transcender o mecanismo cerebral

Durante a pandemia, face à tendência de alterações de estados mentais, crescem as orientações para o autocontrole emocional, entre elas a meditação. Fernando Gabas, criador do protocolo de meditação e expansão da consciência Life Matters, alerta para o perigo de banalizar a meditação. “Hoje em dia, se ouve muito ‘vai meditar’, como se fosse a solução para tudo, um antídoto que você toma para desestressar e, em 20 minutos, tudo estará bem. Mas não podemos tratar a meditação como algo simplista”, ressalta.

Para o especialista, tanto a meditação …

Leia mais

Publicado na Edição 305 Junho 2020

Fotos Divulgação

Presmam em novo endereço

Pioneira no segmento de reabilitação e condicionamento físico

Presmam em novo endereço

Com 29 anos de tradição, a Presmam Comercial Ltda. está em novo endereço, à Rua João Guerra, 295, em Santos, com fácil acesso e estacionamento próprio. A empresa é pioneira no segmento de reabilitação e condicionamento físico e, conforme destacaram os diretores, a mudança para local estratégico, ao lado do Hospital dos Estivadores, visa atender com mais facilidade aos profissionais de diferentes áreas da saúde.

Com variada linha de produtos e equipamentos de marcas consagradas, a Presmam supre todas as necessidades para fisioterapia, com destaque: eletroestimulação, laser, ondas …

Leia mais

Publicado na Edição 305 Junho 2020

Divulgação

Atenção às mudanças no comportamento

Alterações podem ser sintomas da Covid-19

Atenção às mudanças no comportamento

O Center for Disease for Control and Prevention (CDC) alerta os pais para mudanças no comportamento dos filhos, pois embora as crianças não estejam entre os grupos de risco de contaminação pela Covid-19, é fundamental manter a vigilância e observar alteração que pode ser sintoma da doença. “Este olhar mais atento é o primeiro passo para suspeitar da Covid-19 em crianças, lembrando que o quadro em crianças pode ser assintomático ou apresentar febre, tosse seca, fadiga, obstrução nasal e dor de garganta – esses são os sintomas mais …

Leia mais

Publicado na Edição 304 Maio 2020

Divulgação

Gordofobia. Combatendo com informação

O estigma e a discriminação pelo peso não podem ser tolerados

Gordofobia. Combatendo com informação

Neologismo criado para indicar o preconceito de pessoas que julgam o excesso de peso e a obesidade como um fator que mereça desprezo, a gordofobia deve ser combatida com informação, afirma a Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica (Sbcbm). “Evidências científicas mostram que o aumento de peso não ocorre apenas por falta de disciplina ou de responsabilidade pessoal, mas sim por efeitos biológicos, metabólicos e genéticos”, explica o vice-presidente da entidade, Fábio Viegas.

No Brasil, uma em cada cinco pessoas está com sobrepeso ou obesidade segundo dados …

Leia mais

Publicado na Edição 304 Maio 2020

Recuperar a boa forma após o parto

A pós a gestação, quando muitas transformações acontecem no corpo da mulher para que ela possa trazer ao mundo um filho, agora é a hora de ir em busca de perder o peso corporal extra da gravidez e recuperar a boa forma física. O personal trainer e especialista em treino para mulheres, Rafa Moreira, elenca alguns cuidados que as novas mamães devem ter para recuperarem a boa forma física após a gestação: “Assim como em outras fases da vida, a dupla infalível boa alimentação e exercícios físicos é …

Leia mais

Publicado na Edição 303 Abril 2020

Divulgação

Vitamina D. O que você precisa saber

É importante manter níveis adequados nesse momento

Vitamina D. O que você precisa saber

Vários estudos pelo mundo têm mostrado o papel fundamental da vitamina D na modulação da imunidade inata, sendo capaz de atacar agentes agressores de forma a impedir seu avanço e multiplicação dentro do organismo. O nutrólogo e oftalmologista Renato Leça, esclareceu dúvidas sobre o assunto.

Para que serve. A vitamina D é um micronutriente que, entre outras funções no corpo, atua no funcionamento do sistema imunológico, auxilia na absorção de cálcio e tem papel importante no equilíbrio do açúcar no sangue.

Eu preciso tomar vitamina D? Estudos mostram …

Leia mais

Publicado na Edição 303 Abril 2020

Pânico cria realidades alternativas

Em tempos de quarentena, o nível de stress aumenta, desencadeando crises de ansiedade, levando a um estado de pânico, e até a temida “síndrome do pânico”. Observando as estatísticas, o psicanalista Fabiano de Abreu afirma que o pânico e suas consequências, como em qualquer outro comportamento, depende das nuances e do tamanho de sua potência: “Um ataque de pânico, por exemplo, pode até embaralhar a sua mente com emoções que aceleram o batimento cardíaco, desfocam a visão e aumentam a transpiração levando inclusive, em casos extremos, ser confundido …

Leia mais

Publicado na Edição 302 Março 2020

Divulgação

Pode causar infertilidade…

Cólicas menstruais intensas são um dos sintomas da endometriose

Pode causar infertilidade…

A endometriose é considerada a doença da mulher moderna e em alguns casos pode estar associada à infertilidade. Caracterizada pela presença de células do endométrio fora do útero, ela atinge cerca de 15% de toda a população feminina mundial que está em idade reprodutiva.

Selmo Geber, professor titular de Ginecologia da Faculdade de Medicina da UFMG e médico da Clínica Origen, esclarece alguns pontos sobre essa doença, já que muitas mulheres, por falta de conhecimento, falham ao procurar ajuda de um médico quando os sintomas aparecem. Ele relacionou …

Leia mais