Edição 328Maio 2022
Sábado, 25 De Junho De 2022
Editorias

Publicado na Edição 328 Maio 2022

Divulgação

Um lar em Paris

Hotel Lancaster: renovado e cheio de personalidade

Um lar em Paris

Após passar por um projeto de renovação, o Hotel Lancaster, em Paris, França, reabriu as portas com muita história para contar. Ele fica localizado na região do Champs-Élysées, que vem sendo revitalizada e está retomando seu tradicional glamour entre os turistas e as marcas de luxo – a Louis Vuitton, por exemplo, está prestes a inaugurar uma loja de cosméticos pertinho do cinco estrelas. Mesmo renovado com toques contemporâneos, por meio de projeto do arquiteto francês Jean Philippe Nuel, o Lancaster mantém sua personalidade e preserva as características de uma legítima “maison”. Afinal, antes de se tornar um hotel, em 1930, quando foi comprado pelo suíço Emile Wolf, o prédio foi usado como lar por quatro famílias durante 40 anos. Por isso, o ambiente é acolhedor e faz o viajante se sentir em casa.

A equipe de funcionários recebe os hóspedes como uma família, criando uma atmosfera intimista e agradável. Além disso, os ambientes são aconchegantes e permitem que os turistas relembrem algumas das muitas histórias vividas no hotel-boutique. Na década de 1930, por exemplo, o artista russo Boris Pastoukhoff fugiu da guerra e se instalou no Lancaster. Ele não tinha dinheiro e trocava sua estadia por quadros. Hoje, o local compartilha esse capítulo de sua rica trajetória com 85 pinturas do artista expostas em acomodações e áreas comuns.

O complexo conta com espaços gastronômicos, com destaque para o bar Le Marlène – homenagem feita à famosa atriz Marlene Dietrich, hóspede do hotel por 30 anos –, que combina assentos forrados em veludo a uma charmosa decoração art déco. Já o Monsieur Restaurant, comandado pelo chef Sébastien Giroud, serve desde cafés da manhã e almoços até jantares inesquecíveis de três ou cinco tempos, preparados exclusivamente com produtos frescos e sazonais.

Responder