Edição 328Maio 2022
Sábado, 25 De Junho De 2022
Editorias

Publicado na Edição 328 Maio 2022

Bom pra cachorro, gato…

Bom pra cachorro, gato…

Benefícios dos ácidos graxos poli-insaturados na dieta do pet

Os ômegas são ácidos graxos poli-insaturados responsáveis pela composição estrutural das células e tecidos, função da membrana celular, metabolismo energético e diversas funções metabólicas. “São fundamentais em processo inflamatórios, pois ajudam na imunidade orgânica”, frisa o médico veterinário Eduardo Ribeiro Filetti, ao destacar que os ácidos graxos ômegas 3 e 6 não são produzidos pelo organismo e devem ser provenientes de dieta. Por isto são denominados ácidos graxos essenciais. Os suplementos contendo ômega 3 provenientes de óleo de peixe podem promover diversos benefícios para a saúde dos cães e gatos.

Na natureza, as microalgas localizadas em mares gelados produzem o ácido eicosapentaenóico (EPA) e o ácido docosahexaenoico (DHA). Peixes de mares gelados alimentam-se de microalgas e acumulam muito EPA e DHA em seus tecidos e gordura. O processo de extração e purificação de óleo de peixe com alta tecnologia impede a oxidação dos ácidos graxos, ultrapurificação adicional para eliminação de metais pesados, produtos tóxicos e poluições ambientais.

Os ômegas são importantes no desenvolvimento neurológico e gestação. São muito úteis nos processos inflamatórios naturais e imunes. São responsáveis pelo desenvolvimento e funcionamento do cérebro e retina. “Os ômegas ajudam o organismo na defesa celular e em doenças inflamatórias crônicas, proporcionando qualidade de vida e longevidade”, acrescenta Filetti, que é professor universitário, e mestre em Saúde Pública: “Existem ômegas que podem ser encontrados em óleo de linhaça, semente de girassol, óleo de canola e nozes (Omega ALA). Os que são encontrados em óleo de peixe são mais potentes e com grande ação anti-inflamatória são chamados de 3 EPA”.

Quando os pets ficam mais velhos e podem ter disfunções cognitivas, a suplementação com ômega ajuda na prevenção e tratamento. “Atualmente, indicamos ômegas para cães e gatos de todas as idades como ótimo complemento alimentar”, reforça Filetti.

Maltratar animal é crime

Em Santos, ligue 190 ou 162

Maus-tratos contra animais devem ser denunciados na Delegacia Eletrônica de Proteção Animal, www.webdenuncia.org.br/depa, ou presencialmente na Polícia Civil; ou ligando para 190, da Polícia Militar, para denúncia e averiguação em flagrante. Em Santos, pelo link (https://egov.santos.sp.gov.br/somweb/) ou telefone 162, da Ouvidoria Municipal; 153, da Guarda Civil; pelo 181, do Disk Denúncia. Se a vítima é animal silvestre, o Ibama atende no 0800-618080.

. Grupo hospitalar veterinário Pet Support, do Rio Grande do Sul, acaba de ser incorporado pelo Grupo Pet Care. “A incorporação ao Grupo Pet Care proporcionará ao Pet Support melhorias nos processos de gestão, backoffice e atendimento, além de investimentos nas áreas técnicas como aquisição de equipamentos, inovação e tecnologia, além da expansão de unidades”, sinalizou Eduardo Sousa, gestor do Pet Support.

Responder