Edição 309Outubro 2020
Sexta, 30 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado em 31/05/2020 - 5:04 pm em | 0 comentários

Anderson Bianchi/Secom-PMS

GCM faz operação na orla para conscientizar prevenção à Covid-19

Abordagens educativas na faixa de areia

GCM faz operação na orla para conscientizar prevenção à Covid-19

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Santos realizou hoje operação de conscientização visando o grande fluxo de munícipes que se encontravam na faixa de areia da orla. Com quatro quadriciclos em circulação do Emissário Submarino, no José Menino, até o Aquário, na Ponta da Praia, as equipes realizaram abordagens educativas solicitando a saída da faixa de areia e lembrando que o acesso ao local segue proibido, como medida preventiva à proliferação do novo coronavírus.

Em alguns pontos estratégicos ao longo do calçadão, guardas também conversaram com os munícipes que transitavam sem máscara ou a usavam de forma incorreta, sem cobrir a boca e o nariz simultaneamente. Foi oferecida máscara de tecido aos que não portavam o acessório. Ao todo, 11 viaturas e três motocicletas circularam da divisa entre Santos e São Vicente até a Ponta da Praia, em ambos os sentidos da avenida que margeia a orla da praia.

“Além de otimizar a fiscalização da guarda, a circulação do quadriciclo inibe a entrada das pessoas e auxilia na conscientização”, afirmou Aurélio Santos, coordenador da GCM.

Desde o início da obrigatoriedade do uso da máscara facial na cidade, a GCM aplicou 10 multas pela resistência ao uso da proteção, mesmo após orientação e oferta da mesma doada pelo efetivo.

Devido à pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura proibiu a circulação na praia a partir de 4 de abril, com o fechamento da faixa de areia e proibição da circulação de pessoas no calçadão da orla. Na ciclovia, são permitidos apenas os trabalhadores que utilizam a bicicleta para se locomover entre a casa e o trabalho ou realizar serviços, como entregas.

A Prefeitura frisa que a quarentena não acabou. Todos os munícipes devem continuar em casa e sair apenas para a execução de serviços essenciais ou compra de itens básicos, como comida e remédio. Ontem, Santos chegou a 3.518 casos e 149 óbitos confirmados por Covid-19.

Responder