Edição 294Julho 2019
Quarta, 21 De Agosto De 2019
Editorias

Publicado em 2/02/2019 - 7:43 am em | 0 comentários

Reprodução

Fevereiro Roxo conscientiza para o Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

Fevereiro Roxo: “se não houver cura, que ao menos haja conforto”

Fevereiro Roxo conscientiza para o Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer

O Fevereiro Roxo é uma campanha de conscientização para incentivar o diagnóstico precoce das doenças Lúpus, Fibromialgia e Alzheimer. O objetivo é permitir que os pacientes tenham uma maior qualidade de vida mesmo convivendo com alguma dessas condições. As doenças que, apesar de apresentarem sintomas e diagnósticos diferentes, têm em comum o fato que são incuráveis.

Apesar de toda a mobilização para divulgar a data, ela ainda não é muito conhecida. Nas bases de procura do BoaConsulta, a taxa de agendamentos de reumatologistas e neurologistas não varia muito quando comparada aos outros meses do ano.

A campanha do Fevereiro Roxo foi criada em 2014, na cidade de Uberlândia/MG. Seu lema, “se não houver cura, que ao menos haja conforto”, alude à importância de proporcionar bem-estar aos portadores de doenças crônicas. Não existe um calendário oficial de conscientização. O trabalho geralmente é feito por ONGs e, muitas vezes, apoiado por prefeituras e governos estaduais, que promovem palestras, ações de informação sobre as doenças e até mutirões de saúde.

O Lúpus Eritematoso Sistêmico é uma doença autoimune, ou seja, ocorre quando o próprio sistema imunológico de uma pessoa passa a atacar órgãos e tecidos do corpo (como se eles fossem invasores externos). Pouco se sabe sobre a origem das doenças autoimunes. Elas são crônicas, porém o tratamento adequado é indispensável para mantê-las sob controle e reduzir os sintomas — que podem ser extremamente dolorosos.

A Fibromialgia é uma síndrome ainda pouco conhecida, cujos principais sintomas envolvem dor generalizada, fadiga, dificuldades cognitivas e formigamento nas extremidades do corpo. Como todos os sinais acima são problemas relativamente comuns, acredita-se que a doença seja subnotificada. As dores da fibromialgia são constantes e costumam durar cerca de três meses a cada vez. A pessoa afetada nota uma redução em sua capacidade de se exercitar, justamente devido às dores e à fadiga. Ela também passa a sofrer com problemas de sono, como insônia e apneia, muitas vezes apresentando quadros de depressão.

Descrita pela primeira vez em 1906, pelo psiquiatra alemão Alois Alzheimer, a doença de Alzheimer é neurodegenerativa. Os principais sintomas são a falta de coerência na fala e a perda da memória recente. O Alzheimer está associado à idade avançada, porém pode surgir de forma prematura, especialmente em pessoas com casos semelhantes na família. A capacidade de atenção, aprendizado e convívio social fica seriamente afetada, sendo que o quadro é incurável. Entretanto, é possível fazer um tratamento terapêutico e medicamentoso para retardar os efeitos mais graves.

Desde 2012, quando foi fundado, o BoaConsulta nasce com a proposta de ser o melhor aplicativo de agendamento de consultas para que as pessoas encontrem profissionais da saúde adequados às suas necessidades e para que consigam agendar consultas de forma eficiente, com economia de tempo e dinheiro. Usar o BoaConsulta é muito simples. Através da escolha do tipo de especialista, local e forma de pagamento, o paciente é direcionado a uma página com todos especialistas disponíveis referentes a pesquisa. Depois de um rápido cadastro, já é possível agendar uma consulta.

No BoaConsulta, estão disponíveis especialistas de diversos segmentos da saúde, como médicos, dentistas, fisioterapeutas, terepeutas-ocupacionais, psicólogos, fonoaudiólogos e nutricionista. Para garantir a segurança do paciente, todos profissionais têm que estar registrados em seus conselhos. Além disso, é possível procurar por procedimentos, entre os quais estão disponíveis exames, procedimentos cirúrgicos, procedimentos estéticos, próteses dentárias, acupuntura, e muitos outros.

Para Adriano Fontana, cofundador da startup, “trata-se de uma excelente ferramenta para as pessoas que não têm tempo para ligar para os consultórios e fazer a reserva de horário para ser atendido, além de ser um serviço que gera uma experiência de uso diferenciada agregando valor ao produto das companhias que o disponibilizam a seus beneficiários, bem como, ao profissional da área de saúde que está conectado à ferramenta”.

Mais em www.boaconsulta.com