Edição 310Novembro 2020
Sexta, 04 De Dezembro De 2020
Editorias

Publicado em 1/02/2016 - 9:34 am em | 0 comentários

Estudar chinês é opção para quem procura novas oportunidades

Diante da importância cada vez maior da China no mundo e do fato de que hoje a China é o principal parceiro comercial do Brasil, a demanda por profissionais de todas as áreas com conhecimento da língua e da cultura chinesa é cada vez maior. Profissionais que dominem a língua chinesa são cada vez mais valorizados em suas respectivas áreas de trabalho e conhecimento e encontram muito mais oportunidades de emprego.

O curso de língua chinesa do Instituto Confúcio é referência mundial. No Brasil existem nove institutos, todos ligados a universidades brasileiras conveniadas à matriz do Instituto Confúcio em Pequim, em parceria com universidades chinesas. O Instituto Confúcio na Unesp é fruto da parceira entre a Universidade Estadual Paulista (Unesp) e a Universidade de Hubei e sua principal missão, além de garantir a qualidade do ensino, é promover o fortalecimento cultural e acadêmico entre o Brasil e a China.

As inscrições para as turmas do primeiro semestre de 2016 estarão abertas até 29 de fevereiro. As aulas são ministradas na sede do Instituto Confúcio, no campus universitário da Unesp, à Rua Dom Luís Lasanha, 400, esquina da Avenida Nazaré, Ipiranga, na capital paulista.

Informações e matrículas em www.institutoconfucio.unesp.br, pelo e-mail secretaria@institutoconfucio.unesp.br ou pelo telefone (11) 2066.5950.

O curso consiste em 3 horas de aulas por semana. É organizado em módulos semestrais de 50 horas e oferece diversas opções de horário, inclusive aos sábados. A ênfase é na conversação, dirigida para aspectos práticos do dia a dia, mas o aluno também aprende desde o início a leitura e a escrita dos ideogramas. O instituto Confúcio na Unesp possui a maior biblioteca de referência em ensino de língua e cultura chinesa no Brasil, que é totalmente acessível a todos os estudantes. Além disso, trabalha continuamente na melhoria da metodologia e no treinamento dos professores para garantir a qualidade do ensino.

Atualmente, o instituto tem, entre a capital e as diversas cidades do interior de São Paulo onde a Unesp mantém unidades de ensino, um total de 24 professores chineses enviados pela Universidade de Hubei, da cidade de Wuhan, todos com formação em ensino da língua chinesa para estrangeiros.

O curso é aberto para o público em geral. O custo são cinco parcelas de R$ 120,00 por semestre. O instituto não tem fins lucrativos: as taxas cobradas visam apenas à manutenção do projeto e, portanto, são muito inferiores aos preços cobrados por qualquer curso regular de idiomas. Além disso, o instituto na Unesp oferece descontos progressivos a alunos que indicam amigos.

O Instituto Confúcio na Unesp oferece vagas gratuitas para estudantes da rede pública estadual e municipal a partir de 12 anos, inclusive alunos da Educação para Jovens e Adultos (EJA).

Em uma iniciativa inédita na cidade de São Paulo, o instituto oferece desde o segundo semestre de 2015 cursos gratuitos de língua chinesa para os alunos de dois CEUs: o Meninos, das regiões do Ipiranga e do Jabaquara.

São turmas de crianças de 7 a 10 anos e adolescentes de 11 a 17 anos. A parceria também atende professores dos CEUs e moradores da comunidade. Para cada público é adotado material didático adequado. Os cursos serão, naturalmente, certificados pelo Instituto. Atualmente apenas colégios privados de grande porte oferecem cursos de língua chinesa a seus alunos.

O instituto oferece bolsas para estudantes do curso de aperfeiçoamento em língua chinesa na Universidade de Hubei. Em 6 anos já enviou para os programas de intercâmbio na China mais de 250 alunos com bolsas de estudos. São bolsas com duração de 6 meses, um ano e 2 anos para mestrado em Ensino de Língua Chinesa como Língua Estrangeira.

O Instituto Confúcio é o único órgão autorizado a aplicar o Exame Oficial de Proficiência de Língua Chinesa Escrito (HSK) e o Exame de Proficiência Oral (HSKK). O HSK é a certificação reconhecida pelo governo da República Popular da China e por todos os órgãos ligados à educação daquele país. Com o HSK – de acordo com o nível requerido – é possível ingressar nas universidades chinesas para programas de intercâmbio, pós-graduação, mestrado e doutorado. Os candidatos podem ser ou não estudantes do Instituto Confúcio na Unesp e devem ter conhecimento do idioma de acordo com cada nível.

Responder