Edição 287Dezembro 2018
Domingo, 16 De Dezembro De 2018
Editorias

Publicado em 20/09/2018 - 1:30 pm em | 0 comentários

Reprodução

Dicas para evitar assaltos no Dia Mundial sem Carro

Evite viajar em ônibus ou vagões vazios

Dicas para evitar assaltos no Dia Mundial sem Carro

Para prevenir sustos neste sábado, Dia Mundial sem Carro, o especialista em segurança do Grupo GR, Rogério Rodrigues, listou 10 dicas para que sejam evitados assaltos no ponto de ônibus, na saída do metrô e dentro desses transportes.

O Grupo GR atua há 26 anos no setor de segurança privada e terceirização de serviços e está presente em 12 Estados, com sistema rigoroso de treinamento (teórico, físico e comportamental) que envolve técnicas de aperfeiçoamento operacional, postura e comportamento, modernos conceitos, treinamento nas áreas de segurança, portaria, recepção e limpeza.

Confira as dicas:

. No transporte público, evite viajar em ônibus ou vagões vazios.

. Nunca deixe o celular à mostra.

. Não use celular em bolsos, pois permite que os assaltantes possam furtá-lo com facilidade.

. Para evitar chamar atenção, coloque seu aparelho no modo vibratório ou silencioso.

. No metrô, caso esteja próximo a porta, evite pegar o celular quando o metro parar em uma estação. O assaltante espera esse exato momento para agir, e você poderá ficar sem o aparelho.

. Não espere o ônibus em paradas desertas e mal iluminadas.

. No ponto de ônibus, evite ao máximo usar o celular. Menores de bicicletas estão agindo nessas áreas e roubando celulares em segundos.

. Em ônibus com poucos passageiros, sente-se próximo ao motorista ou cobrador.

. Evite atender ligações ou usar o celular enquanto está em táxis ou transportes individuais, principalmente parados no trânsito. Hoje os assaltantes estão cada vez mais ousados e mesmo com vidros fechados, utilizam armas de fogo para abordar as pessoas,

. Além de tomar precauções, também é possível fazer um seguro, o que costuma ser viável para celulares novos e de alto valor. Deve-se, porém, atentar para a cobertura do seguro, pois muitos contratos não cobrem furtos simples, somente roubos.

Mais em www.grupogr.com.br