Edição 287Dezembro 2018
Quarta, 12 De Dezembro De 2018
Editorias

Publicado na Edição 286 Novembro 2018

Bruno Scarpa

Da fazenda à cidade

Dona Angola: pratos individuais no almoço de sábado e domingo

Da fazenda à cidade

Bruno Scarpa

Com menos de um mês de casa, o Dona Angola, gerido por Gabriel Cicone e Vanda Dinesia, trouxe o clima da fazenda para a cidade. A casa na Rua Jorge Tibiriçá, 26, em Santos, é decorada com objetos, mesas e detalhes do interior, com um toque africano remetendo a Angola, fazendo jus ao nome do local.

No cardápio, são destaques da casa o pastel de massa de farinha de milho nos sabores carne e calabresa; o frango ou filé-mignon à Dinesia, gratinado ao molho branco; a batata frita coberta com catupiry e parmesão; além da linguiça artesanal. Também há várias opções de “comida de boteco”, como a porção de isca de frango, torresmo e pururuca. A tábua de frios com pães artesanais e geleia é na medida perfeita para um delicioso happy hour.

O Dona Angola oferece pratos individuais no almoço de sábado e domingo, com massas, que combina bem com o risoto de abóbora, um dos queridinhos entre os frequentadores da casa. No sábado tem ainda a tradicional feijoada. Opções veganas são uma excelente alternativa, como o nhoque de mandioquinha com cogumelos e a coxinha vegana de berinjela com shimeji.

Entre os drinks, existem diversas variedades, com destaque para a caipirinha de uva verde com capim limão, o “red gin” (suco de cranberry, água com gás, morango, anis e gin tanqueray), o “aperol spritz” (aperol, espumante e água com gás), uma cachaça exclusiva da casa, “sassafraz”, trazida diretamente de Minas Gerais, as cervejas artesanais da Paulistânia, com destaque para a “caminho das índias”, no estilo IPA, e uma carta variada de vinhos e espumantes. Também é possível encontrar as opções mais tradicionais de drinks e cervejas.

Para completar o cardápio, as sobremesas vão desde a “coxinha da Dona Angola”, que consiste em mini coxinhas com massa de churros, bola de sorvete e uma porção de doce de leite ou chocolate, ao pudim de leite e tiramisu.

O Dona Angola realiza reservas para aniversário e confraternizações, em espaço reservado, possui música ambiente e também transmite jogos de futebol. Pode ser visitado de terça à sexta-feira, das 17h30 à 1h30, no sábado, das 12 às 2 horas, e no domingo, das 12 às 22 horas.

Na internet é encontrado no Facebook/Dona Angola Santos, no Instagram @donaangolasantos e em www.donaangola.com.br