Edição 294Julho 2019
Sábado, 24 De Agosto De 2019
Editorias

Publicado na Edição 287 Dezembro 2018

Divulgação

O melhor das nossas férias!

Não é necessário levar toda a sua parafernália fotográfica na mochila...

O melhor das nossas férias!

Leandro Ayres

DEZEMBRO chegou, mês de celebrações, confraternizações, reflexões e… início das FÉRIAS! Sim, em caixa alta, afinal é o período mais aguardado do ano! E, para muitos, a melhor forma de aproveitar esses dias é viajando, seja para curtir lugares já conhecidos ou explorar novos destinos. Sozinho ou em grupo. Seja como for, um amante da fotografia encontra aí uma excelente oportunidade para aumentar o seu portfólio com belas imagens. Então, seguem neste artigo algumas dicas valiosas para quem está fazendo as malas.

  1. Planeje a sua viagem. Pesquise e defina os pontos de maior interesse numa escala de prioridade. Assim você poderá passar a maior parte do tempo curtindo e clicando o que realmente lhe agrada.
  2. Em caso de locais com acesso restrito, confira os horários de atendimento e procure ir quando o fluxo de visitantes é menor. A regra do menor fluxo vale também para locais públicos. Assim serão menores as chances de um transeunte atrapalhar a sua fotografia.
  3. Não é necessário levar toda a sua parafernália fotográfica na mochila para o passeio do dia. Se você se planejou, saberá que para um determinado local haverá uma lente que suprirá a sua necessidade. Para uma igreja ou museu, uma grande angular. E nada de flash, uma vez que seu uso é proibido nesses locais. Se o seu destino é uma avenida ou um parque, uma teleobjetiva é bem-vinda. Flash apenas se deseja fazer alguns retratos nestes cenários.
  4. Se o seu passeio for durante a noite, vale a pena ter um tripé consigo. De preferência um bem leve, de fibra de carbono. Com a pouca oferta de luz, faz-se necessário uso de uma baixa velocidade do obturador de sua câmera e, sem a estabilização adequada, sua foto ficará tremida, sem a nitidez desejada.
  5. E o tempo como vai estar? Em caso de possibilidade de chuva, leve um grande guarda chuva. Ele deverá abrigar você e a longa lente que estará acoplada à sua câmera. Respingos poderão afetar os sistemas e danificar o seu equipamento, comprometendo o registro das suas férias. Use o parasol nestes casos também. Ele não serve apenas para dias de sol, como sugere o seu nome, e ajudará a evitar que respingos alcancem a sua lente. Nos dias de sol ele servirá para evitar o efeito de flare que muitas vezes estraga a foto.
  6. Coloque na sua bolsa mais de um cartão de memória e uma bateria carregada extra. Se o seu cartão lotar de fotos, não será preciso apagar os seus registros se você tiver outro cartão para usar. Uma boa dica para otimizar a capacidade de armazenamento dele é fotografar usando uma resolução menor, especialmente se você não tem a pretensão de imprimir estas fotos.
  7. Muito cuidado com os seus equipamentos! Tenha tudo devidamente preso nas alças de segurança, pois no caminhar ou no sacolejar do carro, as peças poderão sofrer danos se estiverem soltas no seu bag. Verifique se o local é seguro antes de sair clicando. Turistas incautos são alvos fáceis para os criminosos!
  8. Seja criativo. Analise o entorno do local, provavelmente você encontrará um vasto rol de possibilidades e ângulos para tornar a sua foto única.

O mais importante é curtir as férias. Divirta-se! Quanto mais relaxado e integrado você estiver ao local visitado, melhor serão as suas capturas. Fico decepcionado quando pergunto a alguém sobre suas férias, em Floripa por exemplo, e esta pouco relata, ainda que tenha em seu Instagram fotos de tirar o fôlego… As fotos deverão servir às suas férias e não o contrário.