Edição 272Setembro 2017
Terça, 17 De Outubro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 272 Setembro 2017

Divulgação

Chegou a hora!

Atrações para o público interessado em fotografia, vídeo, publicações...

Chegou a hora!

Leandro Ayres

DE 4 a 8 de outubro o Bairro do Valongo, no Centro Histórico de Santos, sediará o Festival Internacional da Imagem, idealizado pelo Estúdio Madalena, de São Paulo, que tem a frente o fotógrafo e produtor cultural Iatã Cannabrava.

Em sua segunda edição, o festival contará com diversas atrações para o público interessado em fotografia, vídeo, publicações e narrativas visuais. As instalações do Centro Histórico serão tomadas por exposições, workshops, mesas de debate, locais para impressão de fotos, exibição de filmes, atividades interativas, shows e performances com convidados nacionais e internacionais. O foco é a discussão em torno da imagem, em debates sobre linguagem, prática documental e artística para a construção da imagem de um país e o planejamento de seus novos rumos. A entrada aos locais é inteiramente gratuita com inscrições feitas por ordem de chegada.

Com o objetivo de dar suporte a uma nova geração de artistas interessada em dominar todas as etapas do processo criativo – reflexão, produção, edição e distribuição de projetos – a produção do festival ofereceu um programa de bolsas de estudos integrais para as 18 opções de workshops que acontecerão no festival, bastando para isso o postulante preencher um formulário on line no link https://valongo.com/infos/

As arenas se constituem em espaço simbólico criado para fomentar reflexão e discussão acerca da imagem, da representação, de novos rumos e ideias. Elas acontecerão em diferentes locais ocupados pelo festival e sugerem formas alternativas de trocas, debates e de resistência através da produção de imagens.

O espaço coletivo de publicações abrigará a discussão sobre publicações e fotografia no Valongo. O galpão, recentemente renovado, contará com uma série de atividades ao longo de todos os dias do festival com um foco especial em fotolivros, zines e impressos ligados à imagem fotográfica.

O Valongo Festival Internacional da Imagem decidiu convocar fotógrafos, jornalistas e designers interessados em construir coletivamente a peça gráfica, catálogo ou revista do festival. Este ano o catálogo do Valongo Festival será uma experimentação e sua elaboração será viva e coletiva. Segundo a organização, será formada uma equipe por meio de uma chamada aberta, onde talentos e vontades serão distribuídas, para que possa ser entregue às pessoas uma publicação produzida e impressa durante o próprio festival.