Cooperação foca pessoas desaparecidas – Jornal Perspectiva
Edição 282Julho 2018
Terça, 21 De Agosto De 2018
Editorias

Publicado na Edição 277 Fevereiro 2018

Luiz Carlos Ferraz

Cooperação foca pessoas desaparecidas

Cooperação foca pessoas desaparecidas

Considerando que nos últimos 10 anos 700 mil pessoas foram registradas como desaparecidas no Brasil, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) firmaram em fevereiro acordo para a ampliação do Sistema Nacional de Localização e Identificação de Desaparecidos (Sinalid), cujo objetivo é estabelecer cooperação técnica para o desenvolvimento de ações conjuntas e apoio mútuo às atividades de interesse comum de sistematização dos procedimentos de comunicações e registros de notícias de pessoas desaparecidas e/ou vítimas de tráfico de seres humanos.


Dez organizações da Igreja Católica em São Paulo divulgaram nota de repúdio contra a intervenção federal decretada pelo presidente Michel Temer no Rio de Janeiro. Sem a adesão da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), o manifesto foi preparado após o lançamento da Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema a violência, sob o lema “Fraternidade e a superação da violência”. O manifesto das organizações de base da Igreja Católica cita a exortação apostólica Evangelii Gaudium, lançada pelo Papa Francisco em 2013, na qual é enfatizado que sem “eliminar a exclusão e a desigualdade” a violência não terá fim.


O Recicla Santos, programa que disciplina o gerenciamento do lixo doméstico, quase dobrou a quantia de material reciclável coletado na cidade no último semestre: entre julho e dezembro de 2016 o serviço recolheu 1.546 toneladas, enquanto entre julho (quando iniciou o programa) e dezembro de 2017, o movimentou aumentou para 2.963 toneladas.


GAPA/BS precisa de arroz, leite em pó/líquido, farinha (fubá/ mandioca/ trigo), achocolatado e goiabada para compor as 45 cestas básicas que são entregues todo mês aos portadores de HIV/Aids cadastrados. Doações devem ser entregues na Rua Colômbia, 44, em Santos, telefone (13) 3222.3109.


Estudantes das 157 escolas da Secretaria da Educação de São Paulo na região da Baixada Santista podem testar o seu conhecimento sobre planetas e estrelas na nova edição da Olimpíada Brasileira de Astronomia (OBA). As unidades interessadas devem se inscrever até 18 de março no site da organização (www.oba.org.br) e preencher a ficha cadastral. Em 2017, foram mais mil medalhas conquistadas por alunos do Ensino Fundamental e Médio da rede estadual.

CARTAS para esta coluna: Jornal Perspectiva, Consumidor & Cidadania, e-mail: redacao@jornalperspectiva.com.br