Conceito sustentável – Jornal Perspectiva
Edição 282Julho 2018
Terça, 21 De Agosto De 2018
Editorias

Publicado na Edição 278 Março 2018

Sandra Netto

Conceito sustentável

Green Park Residence: magnífica vista da cobertura coletiva para a orla de Santos, em frente ao Parque Roberto Mário Santini e a Ilha Urubuqueçaba

Conceito sustentável

O Grupo Estrutura prepara a entrega do Green Park Residence, na Rua Newton Prado, 21, no Bairro José Menino, em Santos – junto ao Orquidário e ao Parque Roberto Mário Santini, na orla do mar. O empreendimento está em fase final e conforme afirmam os representantes da Estrutura, Guilherme Martins e Fred Martins, em mais de 40 anos de atuação no mercado imobiliário a empresa sempre se destacou pelo pioneirismo e o elevado padrão de qualidade, presentes em 76 empreendimentos, que totalizam mais de 1 milhão de metros quadrados de área construída.

O projeto do Green Park adota soluções sustentáveis, como energia solar para aquecimento da água das piscinas e infraestrutura de reuso de água da chuva, para lavagem das áreas comuns e irrigação dos jardins. Além da questão ecológica, pela responsabilidade com que a empresa avalia o impacto de suas atividades no meio ambiente, há o aspecto econômico, pois as soluções são capazes de gerar economia na taxa condominial.

Também durante a construção, destacaram Guilherme e Fred, uma das preocupações foi com o desperdício de material, tanto em função do custo, quanto pelos problemas acarretados no processo de descarte dos resíduos. Afinal, o material que sai do canteiro como lixo, além de ter representado custo na entrada – como material da obra –, será custo outra vez na sobra, seja no manuseio, seja no transporte e no descarte.

Com a adoção dessas medidas, entre outras voltadas para uma gestão eficiente, a empresa consegue oferecer ao mercado um produto com padrão diferenciado e excelente relação custo-benefício, quando comparado aos projetos e preços praticados pela concorrência.

O conceito de sustentabilidade é enfatizado na concepção do projeto arquitetônico, de autoria do escritório Passarelli Zonis Engenharia e Arquitetura, que visou aproveitar ao máximo a luz natural e dotar as unidades de ventilação direta, para depender o mínimo possível de energia elétrica, seja na iluminação ou na refrigeração.

Green Park Residence: torre única contempla unidades de 1 e 2 suítes

Implantado sobre fundações profundas, a torre única com 21 andares-tipo contempla 168 unidades, com 1 vaga privativa de garagem e garagem coletiva para bicicletas e standup. São 84 apartamentos de duas suítes – com duas plantas, de 74,84 metros quadrados e 76,52 metros quadrados de área útil; e 84 de uma suíte, 54,06 metros quadrados de área útil. Todas as unidades possuem terraços mobiliáveis e lavabo, assim como infraestrutura para ar condicionado tipo split e para sistema de aquecimento a gás – incluindo ponto de gás para churrasqueira nos terraços –, além de medidores individuais de água e gás. No acabamento interno, um dos diferenciais é que as salas e dormitórios das unidades serão entregues com piso de porcelanato.

A Atlas Schindler equipou o Green Park com três elevadores da linha S3600, com acabamentos em aço inoxidável, velocidade de 120 m/min e capacidade para 11 passageiros. A linha S3600 tem como diferenciais o espaço das cabinas, que permite aos usuários uma maior sensação de conforto, a performance no funcionamento – através de viagens mais rápidas, suaves e silenciosas – e o design, que combina modernidade e sofisticação. O elevador de serviço está adaptado para portadores de necessidades especiais.

Assim como o hall social, os espaços de lazer serão entregues decorados e equipados. O lazer está distribuído na cobertura, com vista 360 graus, e compreende piscinas adulto e infantil com deck, solário, sauna, descanso da sauna, salão de festas, espaço gourmet com churrasqueira, brinquedoteca, salão de jogos para adolescentes e fitness.

A fachada possui revestimentos da Cerâmica Atlas nos formatos 7,5×7,5 cm e a pastilha de porcelana 5×5 cm. “Nós desenvolvemos as tonalidades das cores de maneira personalizada, de acordo com o projeto arquitetônico”, declarou Fernando Ferraz, representante da Atlas na Baixada Santista e Litoral: “A utilização da Cerâmica Atlas combina com o elevado padrão de qualidade e estética do empreendimento”.

Na construção foram utilizados materiais de marcas consagradas e profissionais renomados no mercado da construção civil. Entre os principais fornecedores da Estrutura, o rebaixamento do lençol freático foi realizado pela DMA Locações. Segundo detalhou o diretor, engenheiro Gerson Vilaverde, os serviços foram executados por meio do sistema well-points, visando melhor eficiência e baixo custo.

Reiterando uma parceria de mais de 30 anos com a Estrutura, a Engos Engenharia e Projeto foi responsável por viabilizar estruturalmente o empreendimento, mantendo a praticidade e funcionalidade do projeto arquitetônico desenvolvido pelo escritório Passarelli Zonis Projetos e Consultoria.

O serviço de controle tecnológico do concreto da estrutura do edifício foi executado pela Teste Tecnologia Estrutural e Engenharia Ltda. e consiste em checar, por meio de ensaios, a qualidade do concreto empregado na obra, com a finalidade de verificar principalmente sua durabilidade e resistência. Os ensaios são realizados no canteiro com o monitoramento durante toda a obra para confirmar a resistência correspondente à especificada no projeto estrutural.

A Chico Empreiteira de Obras foi responsável pelos serviços de armação dos vergalhões de aço CA50 e CA60, dobrado e cortado, utilizado nas cortinas, fundação, pilares, vigas e lajes de todos os pavimentos, até a cobertura, detalhou o diretor da empresa, Francisco dos Santos.

Toda a alvenaria foi feita com blocos cerâmicos da Ermida, adquiridos por meio da Tapinaré Representações, dirigida por Albano da Silva Soares e Cristiane R. Soares. Entre as vantagens de utilizar produto 100% natural, estão a baixa absorção de umidade, isolamentos térmico e acústico, proporcionando elevada performance na obra e mais conforto no interior das unidades, afirmaram os representantes da Tapinaré. “A Cerâmica Ermida é do Grupo Nivoloni, fabricante de cerâmica no país há mais de quatro décadas para a construção civil e segue normas internacionais de desempenho. Além disso, é certificada pela Secretaria do Meio Ambiente do Governo de São Paulo”, frisaram Albano e Cristiane, lembrando que os blocos podem ser entregues a granel ou paletizado.

A Náutica Tubulação executou os projetos hidráulicos do empreendimento, com instalações para água fria e quente, esgoto e águas pluviais, e destacando ainda o sistema sustentável de reaproveitamento das águas de chuva.

O projeto de gás foi elaborado pela Comgás, com infraestrutura implantada pela Alphagás.

Tradicional parceira da Estrutura, a Comercial Casa D’Água esteve presente no empreendimento fornecendo diversos materiais para construção, segundo destacaram os diretores Ricardo e Joaquim.

Há 43 anos atuando no mercado do Litoral e Interior, a AL Vidro Serralheria e Vidraçaria Ltda. é tradicional fornecedora de esquadrias de alumínio e vidros para a Estrutura Construtora e Incorporadora Ltda., atendendo também na manutenção do pós-venda em todos os seus edifícios. Segundo o sócio diretor José Alberto Tavares Junior, no Green Park, a AL Vidro fabricou e instalou todas as esquadrias e guarda corpos de alumínio em pintura na cor branca (pintura eletrostática), assim como os vidros planos (float) nas janelas e portas das unidades, laminados verde nas sacadas e área de lazer, com um diferencial no hall de entrada social no térreo, onde foram fornecidos e instalados vidros da linha Blindex Habitat Refletivo sobre a fachada em pele de vidro, sistema Glass.

A JG Gesso fez todos os serviços em gesso no empreendimento. Nos apartamentos decorados colocou acartonado nas cozinhas, banheiros, área de serviço, terraços e lavabos, além das áreas de lazer e cobertura coletiva. De acordo com os diretores Bertolino Carvalho (Galego) e Suzete Damasceno, no pavimento térreo e halls de entrada foi realizado rebaixamento de forro para implantação de iluminação.

Os equipamentos para a sala de fitness foram fornecidos pela Presmam e são profissionais e nacionais de alta qualidade, semelhantes aos utilizados em academias. Conforme detalhou o diretor da Presmam, Weder Bonato, a empresa garante o melhor pós-venda aos condôminos, com assistência técnica total dos equipamentos.

A Marcenaria Riviera confeccionou os móveis planejados nos dois apartamentos decorados, para os dormitórios, salas, cozinhas, bancadas dos banhos e lavabos, além de móveis sob medida para o salão de festas. A Riviera é dirigida por Valter Cesar Bernardo, Douglas Augusto Bernardo e Henrique Bernardo, que executaram os projetos das arquitetas Cecilia Passarelli e Alexandra Ruiz, criando ambientes exclusivos, de acordo com o estilo e padrão da Estrutura.

A Informal Móveis Externos forneceu o mobiliário do salão de festas e espaços de lazer. Conforme acrescentou o diretor Vítor Simões, destaque para os móveis da área externa da piscina e descanso da sauna: espreguiçadeiras, mesas e cadeiras, todos em alumínio e tela.

Natureza nos apartamentos decorados

Cecilia Passarelli Zonis e Alexandra Ruiz: conceitos diferenciados

A Estrutura decorou dois apartamentos do Green Park Residence, com o objetivo de facilitar a decisão do cliente. Os projetos foram assinados pelo escritório Passarelli Zonis – também responsável pela decoração do hall social e espaços de lazer – e foram desenvolvidos pelas arquitetas Cecília Passarelli Zonis e Alexandra Ruiz.

Segundo destacaram Cecília e Alexandra, em sintonia com o conceito do empreendimento, o escritório desenvolveu projetos de apartamentos funcionais, visando a simplicidade, economia, conforto e bem-estar.

“O apartamento de 2 suítes foi decorado com uma tendência mais sóbria, com diferentes tons em azul, remetendo ao mar”, comentou Cecília: “Já o de 1 suíte é mais colorido, com ênfase ao verde. Em ambos, procuramos valorizar as coisas da região, como o mar e o Orquidário, trazendo os elementos para dentro da decoração”.

Numa parceria inédita com a Estrutura, o escritório também coloca à disposição dos compradores um serviço de consultoria para decoração do novo apartamento. “É um presente da construtora”, explicou a arquiteta: “Após a compra, marcamos uma reunião com o proprietário e ouvimos sua expectativa de uso. Não só a família gosta, como também quem pretende morar sozinho, pois ajuda numa eventual dificuldade para mobiliar o apartamento”.

Apartamento decorado: sugestões funcionais e acessíveis

Decorados facilitam a decisão do cliente