Edição 319Agosto 2021
Quinta, 23 De Setembro De 2021
Editorias

Publicado na Edição 312 Janeiro 2021

O ano mais mortal de SP

COM a morte de mais de 200 mil pessoas no país, a pandemia transformou 2020 no ano mais mortal da história do estado de São Paulo. Desde o início da série histórica das estatísticas vitais de óbitos do registro civil, em 1999, nunca morreram tantos paulistas em um só ano, e nunca houve uma variação anual de óbitos tão grande como a ocorrida na comparação entre 2019 e 2020. Segundo dados do Portal da Transparência, administrado pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais, os óbitos registrados pelos cartórios de São Paulo no ano passado totalizaram 356.877, 17,2% a mais que no ano anterior.

Responder