Edição 313Fevereiro 2021
Domingo, 28 De Fevereiro De 2021
Editorias

Publicado na Edição 313 Fevereiro 2021

Divulgação

Pais biológicos de novo

FIV auxilia homens vasectomizados

Pais biológicos de novo

Além da reversão da cirurgia, que possibilita que os homens vasectomizados sejam pais novamente, uma opção eficaz e segura é a Fertilização In Vitro (FIV). Conforme explica o ginecologista Marcos Sampaio, diretor da Clínica Origen de Medicina Reprodutiva, para realizar a vasectomia, de acordo com a lei de planejamento familiar nº 9263/1996, o homem deve ter mais de 25 anos e, no mínimo, dois filhos vivos: “A cirurgia provoca uma azoospermia obstrutiva, condição caracterizada pela ausência de espermatozoides no sêmen ejaculado devido a um bloqueio que impede o encontro dos gametas com o líquido seminal. Ou seja, o homem continua ejaculando normalmente, porém, sem espermatozoides”.

A cirurgia é simples, sendo concluída em aproximadamente 20 minutos. “Após o paciente receber uma anestesia local, o médico faz um pequeno corte em cada ducto deferente e suturando-os em seguida”, ressalta Sampaio. Para fazer a reversão de vasectomia, o médico reconecta os ductos deferentes.

Com relação ao paciente, o tempo entre a vasectomia e a sua reversão é um fator decisivo, pois após cinco anos da cirurgia, a probabilidade de o homem engravidar a sua parceira começa a diminuir. Quando os critérios para a cirurgia de reversão de vasectomia não são atendidos, a fertilização in vitro é o procedimento mais indicado.

Para o especialista, não há dúvidas de que a FIV é a técnica de reprodução assistida mais indicada para os casais em diferentes casos, tendo em vista suas vantagens: “Além de ser a técnica de reprodução assistida que apresenta os percentuais mais altos de sucesso na gravidez, a FIV avançou consideravelmente nas últimas décadas e, hoje, permite o tratamento da infertilidade feminina provocada por diversas causas, como idade avançada, distúrbios de ovulação, endometriose ou mesmo infertilidade sem causa aparente”.

Responder