Edição 275Dezembro 2017
Segunda, 18 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 274 Novembro 2017

Divulgação

Mini com pinta de carrão

Creta: porta-malas comporta 431 litros de bagagem

Mini com pinta de carrão

Nelson Tucci

O design é elogiável, o motor tem boas respostas e é silencioso. Internamente o veículo é confortável, elegante (com direito a bancos de couro, com sistema de ventilação através de seus furinhos) e acomoda facilmente quatro adultos e uma criança. A pinta é de um carrão, mas a Hyundai o classifica na categoria mini SUV. Este é o Creta, modelo aguardado por algum tempo pelo mercado nacional, ávido por novidades sempre, que no exterior tem outro nome (ix25).

Na versão 2.0, por nós avaliada, o motor de 4 cilindros e 16 v oferece 156 cv (a gasolina), mostrando bom pique (torque de 19,1 mkgf). O modelo gasta algo esperado para os seus 1.999 cm3, com transmissão automática (seis marchas). O máximo que conseguimos, em termos de consumo, foi 10,8 km/l na cidade e 12,6 km/l na estrada.

A direção elétrica é sempre muito bem-vinda, bem como a câmera de ré, sensores, ar condicionado, GPS, retrovisores retráteis e luz de LEDs diurnos. O volante é multifuncional e o painel traz o inovador botão de partida. Os freios são a disco ventilado (dianteira) e tambor (traseira), apresentando confiabilidade em nosso teste. A suspensão é um pouco dura, tornando-o, em algumas situações, mais jipe que carro de passeio.

O pacote de equipamentos oferecido contempla seis airbags, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, Start&Stop, um oportuno sensor crepuscular, sensor de chuva e as já conhecidas rodas de liga leve (aro 16 ou 17).

Além da versão avaliada (2.0), a Hyndai oferece também o motor 1.6 (o mesmo do HB20), mas a plataforma não é a do modelo mais popular da marca, e sim do Elantra (um pouco mais robusta). O câmbio pode ser manual ou automático, nas duas versões.

Item importante no veículo, o porta-malas deste mini SUV comporta 431 litros de bagagem, bem semelhante aos dos concorrentes HR-V e Nissan Kicks. E muito além dos 290 litros do Kwid, o carrinho que a Renault apelidou de mini SUV. Pra fechar, a traseira é igualmente bem desenhada, com lanternas clear type, bipartidas pela tampa. Enfim, na avaliação geral este Hyundai faz bonito.

Leia Veículos & Negócios atualizada semanalmente em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br

Veículos_Creta_B

Volante multifuncional e o painel traz o inovador botão de partida