Edição 287Dezembro 2018
Sexta, 14 De Dezembro De 2018
Editorias

Publicado na Edição 282 Julho 2018

Divulgação

Há um clima no ar!

Polo 200 TSI: bancos confortáveis, espaço honesto para o motorista maior que 1,80 m

Há um clima no ar!

Nelson Tucci

Está fácil se apaixonar pelo Novo Polo. A sensação externa é que a carroceria do Gol foi redesenhada para mais um lançamento da família. Mas a coisa não é bem assim. Acomodando-se no banco e empunhando o volante do Polo a primeira impressão fica para trás e ao ligar o motor e acelerar a velha sensação desaparece feito fumaça.

Andamos no Polo 200 TSI, cujo interior é bem equacionado. Bancos confortáveis, espaço honesto para o motorista maior que 1,80 m, tela multimídia (composition touch) espetacular e o volante multifuncional idem, assim como a direção elétrica. O porta-malas de 300 litros acomoda bem a bagagem. E se precisar de mais, os bancos traseiros são rebatíveis.

Com os vidros fechados, o silêncio reina e nem a aceleração plena em subidas íngremes, serra e pisos irregulares alteram esse conforto. Rodamos pouco mais de 1.000 km em estradas estaduais (SP) e federais e a tranquilidade permaneceu. O câmbio automático de seis marchas faz o motorista relaxar na estrada contínua e se mostra de grande valia no trânsito e na subida de serra.

E para quem gostou disso tudo, calma que ainda tem o motor. Carregando 115 cv a gasolina (e 128 cv a álcool) e de um agradabilíssimo torque (20,4 kgfm), o turbo de 3 cilindros e 12 válvulas é “show de bola”. Aliás, o motor 1.0 da Volkswagen que anda turbinado é realmente um grande feito da tecnologia.

Rodando a gasolina, conseguimos a média de 12 km/l na cidade e de surpreendentes 16,3 km/l (média, em rotação abaixo de 3.000 rpm) na estrada. Arerê, new Polo, esta avaliação foi um “love com você”. Arerê!

Leia Veículos & Negócios atualizada semanalmente em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br