Edição 275Dezembro 2017
Domingo, 17 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 272 Setembro 2017

Divulgação

Boa performance, sem perder a ternura

up! TSI: foguetinho, sempre que exigidos os seus 105 cv

Boa performance, sem perder a ternura

Nelson Tucci

Rodovia Régis Bittencourt. A camionete, embalada, parece ter alguma necessidade de “fazer a varredura e empurrar” quem está à frente. Cola na traseira do up! e começa a fazer aquela graça típica de motoristas amadores de fim de semana. Deixo passar. Em seguida, decido testar o motor TSI do novo up!, versão 2018. Reduzida básica para a 4ª marcha, embalo e engato novamente a 5ª marcha, agora abrindo o turbo. O “carrinho” que o motorista da Ranger vê pelo retrovisor inverte posição e começa a “empurrar” aquela trolha apressada. Firme e sem perder a ternura jamais, o up! literalmente abre o gás. A Ranger, então, joga a toalha e dá passagem.

Este pequeno “teste”, de um motorista experiente, uma vez mais comprova o que o modelo já tinha mostrado anteriormente: o motor 1.0 de 3 cilindros, TSI, é um foguetinho na estrada sempre que exigidos os seus 105 cv. E ainda deixa algumas pessoas incrédulas.

A suspensão é bem calibrada (seria propositalmente um pouco mais dura que a concorrência para o carro não sair voando nas curvas?), a direção assistida cumpre a função e o câmbio – a exemplo dos demais Volkswagen – te deixa mal acostumado com a precisão.

Andamos na versão connect, que traz um para-choque pouco mais pronunciado que as versões iniciais e faixas laterais, dando-lhe uma pinta mais esportiva. A cor preta no teto e na tampa traseira e as lanternas escurecidas só confirmam o novo estilo. As rodas de 15 polegadas caem muito bem ao modelo.

Rodando a gasolina, na cidade ele foi um pouco além dos 12 km/l e na estrada chega a 16,8 km/l, na média, desde que em velocidade contínua. Enfim, um modelo que finge bem ser um comportado 1.0 litro. SQN.

Leia Veículos & Negócios atualizada semanalmente em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br