Edição 275Dezembro 2017
Segunda, 18 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 265 Fevereiro 2017

Acervo FAMS

Estação de Trem do Valongo. 150 anos de histórias

Estação de Trem do Valongo (A Ingleza): a mais antiga do Estado de São Paulo, inaugurada em 16 de fevereiro de 1867

Estação de Trem do Valongo. 150 anos de histórias

Inaugurada em 16 de fevereiro de 1867, ou seja, completando 150 anos em 2017, a Estação de Trem do Valongo é a mais antiga do Estado de São Paulo, ponto final da estrada inglesa São Paulo Railway, concebida sob os auspícios da genialidade do Barão de Mauá e concluída pelas mãos hábeis dos ingleses, que a exploraram comercialmente até 1946.

Projetada simples, como os velhos prédios de uma Santos ainda marcada pela arquitetura colonial, a edificação ganhou, a partir de 1895, ares aristocráticos, com forte influência vitoriana, com destaque para a figura dos leões, que representam o poderio britânico no mundo. Uma peculiaridade da edificação é que ela é a única construída em Santos com telhado próprio para neve, muito comum na Europa. Essas mansardas culminam com varandins de ferro, mesmo material das colunas do térreo, a sustentarem, solidárias, cobertura dianteira que avança na fachada para abrigar o viajante, faça chuva ou faça sol. Nesta época também recebeu duas torres e um relógio, símbolo da pontualidade inglesa.

Investimento estrangeiro

Após o Barão de Mauá obter, em 1856, concessão do Governo Imperial para a viabilização da estrada de ferro, ele tornou-se um dos maiores acionistas da empresa. Porém, antes da conclusão da obra, Mauá endividou-se com banqueiros ingleses, vendo-se obrigado a transferi-la totalmente para as mãos da São Paulo Railway, que a administrou até 1946. Pela ferrovia foi escoado o café e a maior parte da riqueza que ajudou a construir São Paulo e o Brasil, além da maioria dos imigrantes que aqui chegaram.

Desativada em 1996 com a extinção do transporte de passageiros, a estação permaneceu fechada e sem uso por vários anos, até que foi comprada pela Prefeitura de Santos que, em 12 de maio de 2003, deu início aos serviços de recuperação. Ela foi reinaugurada em 23 de janeiro de 2004 e logo depois passou a abrigar a Secretaria Municipal de Turismo (Setur), que lá permanece até hoje.

Conheça o trabalho desenvolvido pela Fundação Arquivo e Memória de Santos: acesse o site www.fundasantos.org.br