Edição 283Agosto 2018
Quinta, 20 De Setembro De 2018
Editorias

Publicado na Edição 279 Abril 2018

Acervo FAMS

Dos Bombeiros ao Legislativo

Prédio sede do Corpo de Bombeiros em imagem de 1909

Dos Bombeiros ao Legislativo

A primeira corporação de bombeiros em Santos foi criada durante o período Imperial, em 9 de outubro de 1885. Era, no entanto, formada por cidadãos voluntários, acionados apenas em casos de incêndio. Quase cinco anos mais tarde, em 24 de fevereiro de 1890, os santistas resolveram criar e manter um agrupamento profissional, inicialmente composto por dez homens, que acabaram escolhidos entre os que não se intimidavam diante de grandes incêndios. O pessoal daquela época, entretanto, não tinha acesso a muita tecnologia, e era obrigado a encarar o fogo munido tão somente de algumas poucas mangueiras, bombas manuais, baldes e machadinhas.

Casa própria

Os bombeiros santistas utilizavam, de maneira precária, as dependências de um velho quartel que existiu nas proximidades da Casa do Trem Bélico até o início do século XX, quando, finalmente, a municipalidade resolveu investir numa “casa própria” para abrigar os bravos soldados do fogo.

E como eram tempos de transformação na cidade, propiciadas pelas riquezas oriundas do comércio cafeeiro, os santistas não economizaram em termos de recursos e originalidade para erguer, no sopé do Monte Serrat, uma edificação majestosa, em estilo eclético, acastelada, que levou a assinatura do engenheiro alemão Maximiliano Emílio Hehl, o mesmo que elaborara o desenho da Catedral de Santos. A pedra fundamental da obra foi colocada em dia de grande festa na cidade, em 9 de junho de 1907. Foram necessários pouco mais de dois anos para construir o complexo, entregue à cidade, oficialmente, no dia 7 de setembro de 1909, embora os soldados já estivessem ocupando o prédio desde o dia 26 do mês anterior.

Câmara Municipal

Em 2007, os bombeiros deixaram o seu prédio, para que ele sofresse uma grande reforma a partir do ano seguinte. Concluídas as obras em 2010, a histórica edificação passou a abrigar a Câmara Municipal de Santos a partir de 2011. A primeira sessão do legislativo santista em sua nova casa aconteceu em 1 de agosto.

Conheça o trabalho desenvolvido pela Fundação Arquivo e Memória de Santos: acesse o site www.fundasantos.org.br