Edição 284Setembro 2018
Quarta, 17 De Outubro De 2018
Editorias

Publicado em 8/02/2018 - 7:28 am em | 0 comentários

Divulgação

Muito além do Carnaval, atrações para todos os gostos e idades

Sala São Paulo: confira a programação nas instituições da Secretaria da Cultura do Estado

Muito além do Carnaval, atrações para todos os gostos e idades

As instituições da Secretaria da Cultura do Estado oferecem atrações ao longo do mês para todos os gostos e idades, na capital, interior e litoral. Os foliões vão poder aproveitar blocos e bailes de Carnaval, oficinas de máscaras, lançadores de confetes e confecção de abadás. Quem quiser fugir da folia poderá visitar exposições nos museus da Casa Brasileira, Diversidade Sexual e MIS-SP, participar de oficinas e conferir peças teatrais.

Durante o feriado, alguns espaços terão mudanças em seus horários de funcionamento:

Funcionam normalmente nos dias 10 e 11 de fevereiro (sábado e domingo): Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Fábricas de Cultura (todas as unidades), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Museu Catavento, Museu da Diversidade Sexual, Casa Mário de Andrade, Teatro Sérgio Cardoso e Museu da Casa Brasileira.

Estarão fechados nos dias 12 e 13 de fevereiro (segunda e terça-feira): Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Fábricas de Cultura (todas as unidades), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Museu Catavento, Museu da Diversidade Sexual, Casa Mário de Andrade e Museu da Casa Brasileira.

14 de fevereiro, Quarta-feira de Cinzas:

Após as 12 horas: Biblioteca de São Paulo, Biblioteca Parque Villa-Lobos, Fábricas de Cultura (unidades da Zona Leste), Oficina Cultural Oswald de Andrade, Casa das Rosas, Casa Guilherme de Almeida, Casa Mário de Andrade, MIS e Museu da Casa Brasileira.

Após as 13 horas: Fábricas de Cultura (unidades das Zonas Norte e Sul), Museu Catavento, Teatro Sérgio Cardoso e Museu da Diversidade Sexual.

Funcionam normalmente entre os dias 10 e 14: Museu Índia Vanuíre (Tupã), Museu Casa de Portinari (Brodowski), Museu Felícia Leirner (Campos do Jordão) e MIS-SP (a partir das 12 horas)

O Museu do Café, em Santos, funciona normalmente nos dias entre os dias 10 e 13 e estará fechado no dia 14.

O Museu da Imigração e o Museu do Futebol funcionam normalmente entre os dias 10, 11 e 13, e estarão fechados nos dias 12 e 14.

A Pinacoteca do Estado funciona normalmente nos dias 10, 11 e 12, e estará fechada no dia 13. No dia 14, o museu abre às 12 horas.

Para quem quer curtir o Carnaval, confira as sugestões.

Na capital:

COM A GALERA – Amanhã, 9, a Casa Mário de Andrade promove o Bloquinho do Mário. Das 18 às 21 horas, o grupo Ministério do Samba promete animar o público marchinhas tradicionais, sambas-enredo, frevos e cantigas brasileiras.

O Teatro Com Vida, que leva atrações gratuitas ao Teatro Sérgio Cardoso, apresenta “Carna Klesmer e Umtza Fanfarra”, nos dias 10 e 11 (sábado e domingo, 16h30), que unirá os repertórios das festas judaicas de séculos atrás com as marchinhas brasileiras. As crianças também ganham espaço no domingo, 18, com o “Bota pra Ferver” (11h00) e, no dia 25 (domingo), com o “Linha Amarela Mágina” (11h00).

As Fábricas de Cultura têm programação especial para todas as idades. A unidade do Capão Redondo no sábado, 24, promove o “Carna Fábrica” (13 horas), um bloco produzido pelos aprendizes que sairá em cortejo pelo local. Hoje, às 15 horas, a Fábrica de Cultura Brasilândia promove a oficina “Carnaval?”, que apresentará a história da festa e também dos blocos que desfilam pelos bairros da região. No Jaçanã, amanhã, 9, às 15 horas, tem Baile de Máscaras. Na unidade de Vila Nova Cachoeirinha a comemoração será no domingo, 11, com a matinê infantil “Fábrica na Folia” (15 horas). A Fábrica de Cultura Jardim São Luís promove no dia 24 (sábado) o “Festival Carnarock” (16 horas) com as bandas Alqueive e Colônia Cratera.

Na unidade de Vila Curuçá, hoje e amanhã, a Fábrica de Cultura Sapopemba realiza o “Baile de Carnaval” (11 e 16 horas). Na unidade do Belém, o encontro de leitores será no dia 14 (quarta-feira, 14 horas) e falará sobre as diferentes formas de se comemorar o Carnaval no mundo.

EM FAMÍLIA – O Museu do Futebol entra no clima com entrada gratuita na terça-feira, 13. O espaço promove oficinas de Lançadores de Confetes (sábado, 10, 14 horas), criação de máscaras de Carnaval com sacolas de papel (domingo e terça-feira, 11 e 13, 14 horas) e confecção de balangandãs (terça-feira, 13, 11 horas). O Carnaval continua na semana seguinte com a oficina “Sons e Construção de Instrumentos Musicais Alternativos” (sábado, 17, 12 horas), que resultará em um minibloco com ritmos carnavalescos, e o “Rebrincando o Carnaval” (sábado e domingo, 17 e 18, 14 horas), com brincadeiras que misturam a linguagem infantil e a cultura popular com música, canções autorais da Cia. Rebrincando e marchinhas de Carnaval.

O Museu Catavento apresenta o espetáculo “Mamulengo”, do grupo Buzum, que conta a história de uma garota que adora o Carnaval. A apresentação será na área externa do Museu, no dia 11, domingo, com sessões às 10, 11, 12, 14, 15 e 16 horas. A apresentação é gratuita e para participar, é necessário retirar a senha diretamente no ônibus do Buzum. A senha do espetáculo não dá direito a entrada no Museu Catavento. Os ingressos custam R$ 10 (R$ 5 meia entrada); gratuito aos sábados.

Quem estiver fora de São Paulo no Carnaval, vai poder aproveitar a Maratona Infantil especial de Carnaval do MIS-SP, no dia 25 (domingo). Das 10 às 17 horas, o público poderá participar de oficinas de máscaras, percussão, cortejo e construção de instrumentos musicais. No mesmo horário, haverá também intervenção com o Trio Elétrico do Bello Marques, o Bailinho da Isadora, o Bloquinho de Carnaval Folia de Rei, entre outras atividades. As atividades são gratuitas e serão realizadas na área externa do Museu.

No dia 11 (domingo), a atividade “De abadá eu vou!” (15 horas), vai orientar os foliões a produzirem abadás. As atividades são gratuitas e para participar é necessário se inscrever pelo e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br

Enquanto isso, no interior.

EM FAMÍLIA – O Bloco do Guri, formado pelos alunos do Projeto Guri percorrerá cidades do interior: Buri, amanhã, 9 horas, Jaú, hoje, 16 horas, Presidente Prudente, amanhã, 14 horas, Registro, sábado, 19 horas, e São Miguel Arcanjo, domingo, 16 horas. Serão mais de 100 integrantes dos cursos de percussão, coral, violão e sopro que apresentarão marchinhas e músicas próprias nas praças das cidades.

O Museu Índia Vanuíre, em Tupã, promove o Museu Folia. Hoje, às 9 horas, haverá contação de histórias de Carnaval e oficina de máscaras para crianças. Amanhã, às 9 horas, a oficina “Samba no Pé” vai ensinar passos em diversos ritmos do samba. Encerrando a programação, o “Baile da Inclusão”, às 13 horas, vai reunir os grupos de projetos voltados para idosos e pessoas com deficiência, em uma tarde com marchinhas e a corte carnavalesca da cidade. As atividade são gratuitas.

Em Campos do Jordão, o Museu Felícia Leirner oferece nos dias 10 (sábado, 11 horas) e 13 (terça-feira, 15 horas) a oficina “Máscaras Carnavalescas: história e confecção”. No dia 12 (segunda-feira) a contação de história interativa “Pierrot, Colombina e Arlequim” (11 horas) vai contar a história do triângulo amoroso por meio de caracterização de adereços e marchinhas. O percussionista Moringa Ray apresentará a história do Carnaval por meio de compositores como Marcha Rancho e Zé Pereira, nos dias 10 e 12 (sábado e segunda-feira, 15 horas). Por fim, nos dias 11 (domingo, 15 horas) e 13 (terça-feira, 11 horas) o grupo Boneco Vivo vai apresentar o teatro de mamulengo “A Fabulosa Caravana do Seu Malaquias”. Os ingressos custam R$ 10 (R$ 5 meia entrada). Aos domingos, a entrada é gratuita.

Quem estiver em Brodowski pode aproveitar a oficina gratuita de máscaras de Carnaval do Museu Casa de Portinari. A atividade será nos dias 11 e 13, domingo e terça-feira, as 10 e 15 horas.

Para quem pretende fugir do Carnaval…

EXPOSIÇÕES – O Museu da Diversidade Sexual exibe a exposição “Tarja Preta”, com trabalhos da fotógrafa Vania Toledo. Com curadoria de Diógenes Moura, a mostra reúne retratos de grandes ícones da cultura – como a escritora Cassandra Rios, o cantor Ney Matogrosso e o estilista Clodovil. Os trabalhos destacam os questionamentos comportamentais do universo LGBT e mostram como eles têm forte presença na cultura. Entrada gratuita.

No MIS-SP, os visitantes poderão aproveitar os últimos dias da exposição “Renato Russo” com entrada gratuita. Durante o Carnaval, ela estará aberta nos seguintes horários: dia 10, sábado, das 10 às 21 horas, e dias 11, 12 e 13, domingo, segunda e terça-feira, das 9 às 19 horas. Após o feriado, os ingressos custam R$ 12 (R$ 6 meia entrada). A mostra fica em cartaz até 18 de fevereiro, domingo.

“Passagens – Espaço de Transição para a Cidade do Século XXI” chega ao Museu da Casa Brasileira no dia 17 de fevereiro (sábado). A mostra, que já esteve em Paris, Pequim, Barcelona e Buenos Aires, é uma mostra internacional do Instituto Cidade em Movimento (IVM) e desperta o olhar para acessos e barreiras (como túneis, escadarias, passarelas e pontes) na cidade contemporânea. Os ingressos custam R$ 10 (R$ 5 meia entrada). Aos finais de semana e feriados a entrada é gratuita.

EM FAMÍLIA – O Museu do Futebol realiza visitas guiadas durante todo o feriado. As sessões são às 11 horas, com uma sessão extra no dia 13 (terça-feira), às 14 horas. O público pode aproveitar também o “Joga Junto”, na Pinacoteca. Nos dias 10, 17 e 24 (sábados), das 11 às 15 horas, o espaço oferece jogos relacionados ao acervo que propiciam a interação em grupo e estimulam um olhar atento e divertido sobre as obras expostas. Os ingressos custam R$ 12 (R$ 6 meia entrada). Às terças-feiras a entrada é gratuita.

As Bibliotecas de São Paulo e Parque Villa-Lobos promovem nos dias 10 e 11 de fevereiro (sábado e domingo) a Hora do Conto (16 horas). Os convidados do fim de semana são os Grupos Mãos de Fada e Poesia no Espaço, a Cia. Pé do Ouvido e a contadora de histórias Ana Luísa Lacombe. Os visitantes poderão conferir também as sessões do Lê no Ninho, para bebês e crianças entre seis meses e quatro anos. Na Biblioteca de São Paulo a atividade será às 11 horas no sábado, e às 11h30 no domingo. Já na Biblioteca Parque Villa-Lobos, o Lê no Ninho é realizado às 10h30 e às 11h15 nos dois dias. Todas as atividades nas bibliotecas são gratuitas.

Na semana seguinte, a Biblioteca de São Paulo comemora oito anos no sábado, 17. Para comemorar, a Cia. do Liquidificador irá circular entre os visitantes em uma intervenção poético-musical com balões (11h30, 13 e 14h50). Os autores Monik Lelis, Benício Targas e Maria Eugenia Cerqueira lançam respectivamente suas obras “Às Aventuras do Minhocoloco”, “Tripálio” e “Às Aventuras de Gipsy” na Tarde de Lançamentos (14 horas). Encerrando as atividades, a Cia. Trucks apresenta o espetáculo “Sonhatório” (16 horas), que narra o almoço de três supostos loucos no Sanatório Boa Cabeça. As atividades são gratuitas.

OFICINAS E BATE-PAPOS – No dia 17 (sábado), às 11 horas, a cartunista Laerte participa do bate-papo Segundas Intenções, na Biblioteca de São Paulo. Inspirada na exposição “Caderno: Villa-Lobos 2015-2017”, de Rubens Matuck, em cartaz até 18 de março, a Biblioteca Parque Villa-Lobos promove também no sábado, 17, às 14 horas, a oficina “Construindo um Caderno de Viagem”. O artista dará orientações sobre como confeccionar seu próprio caderno de viagem com técnicas simples de encadernação. Em seguida, os participantes serão convidados a passear pelo parque observando a diversidade de espécies encontradas. Indicado para crianças a partir dos cinco anos; vagas limitadas e preenchidas por ordem de chegada. Todas as atividades são gratuitas.

O MIS-SP promove, no dia 17 (sábado), evento gratuito voltado aos fãs de Jornada nas Estrelas e Harry Potter. As conversas serão divididas em blocos: Ficção – “25 Anos de Jornada nas Estrelas Deep Space Nine” (11 h às 13 horas); Ciência – “Colisão de Meteoros” (13h30 às 15 horas) e Fantasia – “Harry Potter” (15h30 às 17 horas). Haverá também o lançamento do fã-clube NovaFrota, sorteio de brindes e premiação para os melhores cosplayers. O encontro será no Auditório MIS e os ingressos para cada bloco devem ser retirados com uma hora de antecedência na bilheteria do Museu.

A Casa das Rosas promove no dia 23 (sexta-feira), a oficina “Memórias do Jardim” (15 horas). Após um tour pelo jardim, os participantes serão convidados a conhecer a Avenida Paulista com características residenciais por meio de fotografias, relatos de viajantes e recortes de jornais. Em seguida, será proposta uma atividade sobre memórias sensoriais. São apenas 15 vagas e para participar é necessário se inscrever pelo educativo@casadasrosas.org.br ou presencialmente na recepção do Museu.

O Museu da Imigração realiza no dia 22 (quinta-feira) a oficina “Pesquisando Documentos de Família” (14h30), com o historiador Henrique Trindade que dará aos participantes instruções de como iniciar o processo de pesquisa familiar. No dia 25 (domingo) o “mUSEu a Horta” (15 horas) contará com a ajuda dos visitantes para realizar a manutenção da horta orgânica do espaço. Para participar das atividades é necessário se inscrever pelo e-mail inscricao@museudaimigracao.org.br.

No dia 21 (quarta-feira, 18h30), a Oficina Cultural Oswald de Andrade promove o “Papo Gráfico com Claudio Mubarac”. O professor de desenho e gravura da Escola de Comunicação e Artes (ECA/USP), falará sobre seu processo criativo e trajetória de mais de três décadas nas artes gráficas. São 30 vagas e para participar é preciso se inscrever pelo link: http://bit.ly/2FRUaLj

A Casa Guilherme de Almeida realiza nos dias 20, 21, 27 e 28 (terças e quartas-feiras, 19h00) o curso “Geração Beat: valor literário, traduções e jazz”. As aulas serão ministradas pelo ensaísta, tradutor e escritor Cláudio Willer, especialista na estética surrealista. Para participar é necessário se inscrever pelo link https://goo.gl/XMQ4R2

O Museu Afro Brasil promove, no dia 10 (sábado), o Ateliê Aberto (14h00) que convida os visitantes a uma experimentação artística por meio de atividades que se relacionam aos temas e obras da exposição de longa duração. No dia 24 (sábado), a contação de histórias “Aos Pés do Baobá” (11h00) traz narrativas africanas ou afro-brasileiras seguidas de um bate-papo. No mesmo dia, os participantes poderão confeccionar tambores com canos, PVC, fita adesiva e recorte de revistas, na atividade “Ngoma” (14h00). Os ingressos custam R$ 6,00 (R$ 3,00 meia entrada). Aos sábados, a entrada é gratuita.

MÚSICA E TEATRO – De 20 a 25 de fevereiro (terça-feira a domingo) a Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (Osesp) realiza o Festival Viva Villa!, com programação gratuita na Sala São Paulo. O programa inclui apresentações da Osesp e do Coro sob regência de Isaac Karabtchevsky (dias 20 e 24, terça-feira e sábado, 19h30); do Quarteto Osesp com os alunos da Academia da Osesp (dia 21, quarta-feira, 19h30); OSESP interpretando Heitor Villa-Lobos sob regência de Karabtchevsky (dia 22, quinta-feira, 19h30); Lucas Thomazinho no piano e o Coro da Osesp sob regência de Valentina Peleggi (dia 23, sexta-feira, 19h30) e, encerrando a programação, Marcelo Bratke no piano com os Coros Infantil e Juvenil da Osesp, sob regência de Teruo Yoshida e Marcos Thadeu (dia 25, domingo, 11h00).

A Oficina Cultural Oswald de Andrade receberá nos dias 10 e 11 (sábado e domingo, 20h00) a peça “Laboratório Sexual (Que Comece o Jogo)”, que mostra o cotidiano de uma companhia de teatro e apresenta os bastidores dos ensaios diários e de um estudo cênico sobre sexo. No dia 16 (sexta-feira, 20h00), “Quarto 19” fala sobre a liberdade das mulheres na sociedade patriarcal. Os dois espetáculos são indicados para maiores de 16 anos. Os espetáculos são gratuitos e possuem 30 lugares por sessão. É necessário retirar o ingresso com uma hora de antecedência.

Dentro da programação do Teatro Com Vida, o Teatro Sérgio Cardoso oferece, nos dias 19 e 26 (segundas-feiras), aulas de dança de salão com Rogério da Col (14h00). O Duo Tenor e Soprano apresenta “Obras de Mozart”, no dia 19 (segunda-feira, 19h00). No dia 26 (segunda-feira), o público pode conferir “O Mundo Encantado das Operetas” (19h00), com interpretações de Johann Strauss e Franz Lehar. A programação é gratuita.