Edição 320Setembro 2021
Sábado, 16 De Outubro De 2021
Editorias

Publicado em 16/04/2021 - 6:55 am em | 0 comentários

Divulgação

R$ 43,9 milhões para obras em municípios de interesse turístico

Mirante do Camaroeiro, em Caraguatatuba: inauguração este ano

R$ 43,9 milhões para obras em municípios de interesse turístico

O Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos (Dadetur) destinou no primeiro trimestre do ano R$ 43,9 milhões do Fundo de Melhoria das Estâncias para obras em diversas cidades do estado de São Paulo. A Baixada Santista recebeu R$ 15,2 milhões.

Dos 75 municípios contemplados, Santos ficou com o maior repasse: R$ 9,8 milhões. O valor é destinado a diferentes intervenções, como a reforma do Teatro Coliseu (patrimônio cultural da cidade construído em 1909), restauração do Centro Cultural Patrícia Galvão, restauração da Casa do Trem Bélico, inauguração do Centro Integrado de Monitoramento Urbano, requalificação urbana da Avenida Washington Luiz e obras de melhoria e drenagem urbana. 

Praia Grande recebeu o segundo maior repasse do trimestre. Foram R$ 3,9 milhões para a revitalização dos centros expandidos dos Bairros Ocian e Boqueirão, previstos para inaugurar ainda este ano, e modernização da Praça do Artesanato. 

Com o repasse de R$ 1,2 milhão, o Guarujá dará continuidade às obras de acesso e sinalização no Mirante do Morro da Campina, de requalificação de vias no bairro Jardim Tejereba e de construção de diversas rampas de acessibilidade. Desde 2016, reestruturações turísticas da orla marítima vêm ocorrendo no Guarujá, totalizando R$ 3,2 milhões em repasses do Dadetur.

Itanhaém recebeu até o momento R$ 200 mil para a urbanização de diversas vias públicas de interesse turístico. Nos últimos anos, a cidade vem recebendo repasses para a construção de um Parque Turístico localizado no Bairro Guaraú, no valor de R$ 1,6 milhão. 

Dois outros municípios da Baixada não contemplados neste repasse trimestral também possuem obras em andamento subsidiadas pelo Fundo de Melhoria das Estâncias. É o caso de Peruíbe, com obras de estruturação das vias de interesse turístico, reurbanização e recuperação da Estrada do Guaraú e reforma da Praça Albano Ferreira; e São Vicente, com R$ 1,5 milhão aplicados na urbanização do Itararé. 

Os recursos do Dadetur são destinados a obras de melhoria de fluxo ou revitalização/construção de equipamentos públicos de interesse turístico. “Os repasses ajudam na manutenção das atividades econômicas e na preservação dos empregos regionais, principalmente na construção civil, tornando os destinos aptos a receber mais visitantes”, afirma Vinicius Lummertz, secretário de turismo do estado de São Paulo.

423 obras — Atualmente estão em execução 423 obras nas 210 cidades, sendo 70 estâncias e 140 Municípios de Interesse Turístico (MITs). Além da Baixada Santista, os municípios famosos pelas águas termais, localizados na região de Campinas, também terão obras importantes concluídas este ano. Destaque para a reforma do Balneário Municipal de Águas de Lindóia, para a criação de um novo parque de entrada no município de Águas de São Pedro e para a reativação do Teleférico de Pedreira.

Na região de São José dos Campos, onde a obras somam mais de R$ 31 milhões, os destaques são a construção do Mirante da Revolução Constitucionalista, em Areias, a implantação do Complexo Turístico Mirante do Camaroeiro, em Caraguatatuba, além da criação de um Centro Turístico e de Eventos em São José do Barreiro.

Responder