Edição 308Setembro 2020
Sexta, 23 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado em 15/06/2020 - 7:11 am em | 0 comentários

Divulgação

Gincana prioriza saúde

Durante 10 meses os caminhoneiros terão atendimento

Gincana prioriza saúde

Nelson Tucci

Será dada a largada para a 29ª edição da Gincana do Caminhoneiro nesta terça-feira, 16. Diante de um novo quadro social vivido pelo país, o tradicional evento das estradas chega este ano renovado, levando aos profissionais do volante uma carga de esperança e transformando hábitos por meio de atendimentos de saúde durante as 90 etapas, que acontecerão em diversas regiões do país.

A exemplo de uma verdadeira rede itinerante de saúde, o evento – criado especialmente para valorizar o profissional das estradas – chega no momento em que o transportador rodoviário de cargas, um dos serviços essenciais que não pararam durante a chegada da pandemia no Brasil, precisa de apoio para enfrentar o dia a dia e preservar seu bem estar e de todos com os quais convive.

Com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, quer apresentará o “Cinema Rodoviário”, oferecendo orientações de trânsito para prevenção de acidentes, e do Sest/Senat (Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte), disponibilizando atendimentos de saúde – bem como da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), do Ministério da Infraestrutura, a 29ª Gincana do Caminhoneiro reafirma sua parceria de anos com esse trabalhador e, durante os próximos 10 meses, percorrerá mais de 27 mil km, com duas equipes rodando simultaneamente para chegar mais próximo de profissionais das estradas de todo o país. Serão 90 etapas nas cinco regiões do Brasil, realizadas nos postos Petrobras da Rede Siga Bem, ou seja, 90 oportunidades para o caminhoneiro contar com um ponto de apoio nesse momento e cuidar da saúde.

Leia mais em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br

Veículos & Negócios é publicada mensalmente na versão impressa do jornal Perspectiva e atualizada semanalmente no blog.

Haverá medição de pressão arterial e vacinação

Responder