Edição 300Janeiro 2020
Segunda, 27 De Janeiro De 2020
Editorias

Publicado em 13/01/2020 - 7:20 am em | 0 comentários

Divulgação

Bêbados, inconsequentes e imorais

No feriado de Ano Novo, 1.343 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante

Bêbados, inconsequentes e imorais

Nelson Tucci

Beber e dirigir é um crime de lesa-humanidade. Ou deveria sê-lo, porque todos sabem dos riscos que correm ao ingerir álcool antes de pegar um veículo. Mas o motorista brasileiro parece não se importar muito (ou nada) com a vida. Senão vejamos: no feriado de Ano Novo, 1.343 motoristas foram autuados por embriaguez ao volante e 113 foram presos pela prática criminosa.

No Natal, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou 1.592 pessoas dirigindo embriagadas e 163 foram conduzidas para delegacias e autuadas pelo crime de alcoolemia ao volante. Ou seja, 2.935 bêbados (as), inconsequentes, que colocaram a própria vida em risco, além – e principalmente estas – da vida de terceiros que não tinham nada a ver com a falta de compostura e civilidade destes que foram flagrados pela Polícia Rodoviária Federal.

E quantos teriam passado ilesos pela fiscalização? Ou, ainda, sequer avistaram agentes e viaturas da PRF no caminho? É de se pensar… Entre os dias 21 de dezembro último e 1º de janeiro de 2020, nada menos que 167 pessoas perderam a vida, em um total de 863 acidentes.

Os principais fatores que influenciaram as tragédias, segundo o balanço da PRF, foram direção perigosa, excesso de velocidade, ultrapassagens em locais proibidos e embriaguez ao volante. É de se lamentar a irresponsabilidade dessa gente.

Leia mais em www.veiculosenegocios.blogspot.com.br

Veículos & Negócios é publicada mensalmente na versão impressa do jornal Perspectiva e atualizada semanalmente no blog.