Edição 271Agosto 2017
Quinta, 21 De Setembro De 2017
Editorias

Publicado em 4/08/2016 - 11:56 am em | 0 comentários

Divulgação

Acupuntura auxilia atletas a melhorar seu rendimento

Técnica trata dores e lesões e ajuda no equilíbrio físico e emocional

Acupuntura auxilia atletas a melhorar seu rendimento

O uso da acupuntura no esporte pode parecer novidade, mas existem relatos que há mais de três mil anos, já se utilizava pontos especiais de acupuntura antes de longos combates de lutas marciais, pois essa prática ajudava a aumentar a resistência do lutador. Além da falta de resistência, muitos lutadores sofrem com uma grande vilã, a dor, que gera incapacidade física.

A acupuntura pode ser uma grande aliada no combate à dor, pois tem um efeito anti-inflamatório e analgésico. Ela também pode ajudar na prevenção de lesões e colabora no tratamento de problemas de ordem emocional, fator que influencia no desempenho de qualquer atleta.

Para a médica e diretora do Center-AO, Centro de Pesquisa e Estudo da Medicina Chinesa, Márcia Lika Yamamura, sofrer uma lesão durante o esporte é comum e a acupuntura pode ser um aliado do atleta na hora de amenizar a dor. “Existem técnicas de acupuntura que promovem alivio imediato, sem a necessidade de tomar medicações analgésicas, que nem sempre permitidas durante as competições. A acupuntura auxilia também no tratamento de lesões já instaladas, como tendinites, inflamações, estiramentos, dores em geral, que podem atrapalhar a atividade física”, explica.

As lesões mais comuns que acometem um lutador são as do sistema musculoesquelético e podem ser divididas em tendinosas, articulares, musculares e ósseas. Em todas estas lesões o que incapacita o atleta é a dor em decorrência de processo inflamatório. “As lesões mais frequentes para quem pratica lutas são distensões musculares, entorses e luxações. Quando há rotura de tendões, distensões graves ou fraturas, a acupuntura é coadjuvante no tratamento da dor”, afirma a médica.

Trabalhar na prevenção de lesões na vida de um atleta é muito importante para melhorar seu desempenho. Para Márcia e um bom condicionamento físico, bem como respeitar os limites individuais, são fortes fatores que previnem o aparecimento de eventuais lesões. “Quanto mais profissional for a pratica, melhor, pois se sabe que nem sempre é possível a recuperação completa do atleta antes do próximo treino. Assim, a acupuntura atuando na flexibilidade do atleta, em conjunto com a boa recuperação, auxilia na prevenção de lesões até um certo limite”.

Além de tratar dores, a acupuntura pode ajudar os lutadores a ter um melhor rendimento. A diretora do Center-AO diz que nem todos os atletas são portadores de uma saúde perfeita. Na Acupuntura, considera-se que o bom rendimento físico depende da boa funcionalidade dos órgãos internos e, se porventura tiver problemas emocionais ou mesmo algum órgão interno enfraquecido, seu desempenho pode ser comprometido.

“A prática da acupuntura propõe tratar os problemas emocionais e os órgãos em desarmonia, promovendo o equilíbrio como um todo”, esclarece Márcia: “As cãibras e as dores musculares, por exemplo, são decorrentes de desarmonia de um órgão interno, o Zang Gan, um órgão que tem relação direta com a atividade dos músculos. A ação da acupuntura, neste caso, pode fortalecer este órgão e evitar as dores”.

Um fator que influencia no rendimento de um lutador é a ansiedade de vencer, os treinos intensos ou até mesmo um problema pessoal. Muitos treinadores vêm investindo no tratamento da mente, que aliada da prática de acupuntura pode gerar bons resultados. Há uma vertente de acupuntura que trata exatamente isso, se houver desarmonia de órgãos internos, o seu fortalecimento pode melhorar o desempenho do lutador: “O benefício da acupuntura na vida de um lutador é que além de corrigir problemas de saúde física, ajuda a manter um equilíbrio mental”.