Edição 290Março 2019
Sábado, 23 De Março De 2019
Editorias

Publicado na Edição 283 Agosto 2018

Divulgação

Acelerando negócios de impacto social

Soluções que ajudem a tornar as moradias mais salubres, dignas e confortáveis

Acelerando negócios de impacto social

Programa de aceleração de curto prazo, que visa potencializar negócios de impacto social com soluções inovadoras no setor de habitação, o “Lab Habitação: Inovação e Moradia” está com inscrições abertas até 24 de setembro. A iniciativa é da Artemisia e Gerdau, com apoio do Instituto Vedacit, Eternit e Grupo Tigre (por meio do Instituto Carlos Roberto Hansen), e selecionará 15 startups para uma jornada de cinco semanas de aceleração, com uma programação composta por workshops presenciais e webinares (encontros online). Os três negócios que se destacarem ao longo do processo poderão receber capital-semente e mentorias extras pós-programa.

Os negócios devem estar focados nos seguintes temas: acesso à moradia de qualidade; acesso a microcrédito habitacional; reformas habitacionais; empregabilidade na construção civil; gestão de condomínios de habitação popular; água e saneamento; energia; infraestrutura e melhoria de espaço público; e inovação na construção civil.

“Quando analisamos os componentes que formam uma vida digna e segura, a questão habitacional se mostra intrinsecamente ligada à qualidade de vida e à saúde da população de menor renda. No Brasil, embora a maioria das ações do poder público se concentre na construção de novas unidades, o problema da qualidade das casas é duas vezes maior”, analisa Maure Pessanha, diretora executiva da Artemisia, ao acrescentar que maior do que a falta de moradias é o contingente de pessoas vivendo em condições inadequadas; situação que impacta na saúde de milhares de famílias, na autoestima, no absenteísmo e na frequência escolar, por exemplo: “Tornar uma casa insalubre ou irregular em um ambiente seguro, confortável e saudável representa uma faísca de transformação, que impacta positivamente pessoas, famílias e o bairro como um todo”.

A metodologia criada pela Artemisia foi planejada para potencializar soluções que já tenham protótipo desenvolvido, em fase de validação da proposta de valor e modelo de negócios, e que tenham potencial e intencionalidade para gerar impacto social positivo. Entre os critérios de seleção estão o impacto social do projeto, o perfil do empreendedor, o potencial de escala para pessoas das classes C, D e E, o estágio de maturidade e o potencial de inovação. É essencial também a disponibilidade de pelo menos um representante do negócio para participar de todos os dias de workshops presenciais.

As inscrições são gratuitas pelo site www.artemisia.org.br/labhabitacao