Edição 273Outubro 2017
Terça, 21 De Novembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 266 Março 2017

Divulgação

Semana Santa na Toscana

Laticastelli: localizado a meia hora de carro de Siena

Semana Santa na Toscana

Um interessante destino religioso é celebrar a Páscoa na Itália, onde a data se estende por cinco dias: inicia na quinta-feira, 13 de abril, quando as igrejas realizam o ritual de lava-pés, e encerra na segunda, 17, na chamada Lunedi dell’Angelo, a segunda-feira do anjo, dia em que se comemora o encontro do anjo com Maria Madalena no sepulcro. De Norte ao Sul do país, as paróquias honram os últimos dias de vida e a ressurreição de Cristo, por meio de procissões, encenações teatrais, shows pirotécnicos e missas.

Na região da Toscana, a hospedagem pode ser no Laticastelli Country Relais, originalmente um castelo construído no começo do século 13. O hotel está estrategicamente localizado a meia hora de carro de Siena e a 1h15 de Florença. No período, as diárias custam a partir de € 195 para duas pessoas, incluindo café da manhã, estacionamento e impostos.

Após ser transformado em hotel, o Laticastelli conta com 33 suítes equipadas com ar-condicionado, frigobar, internet, telefone e wi-fi gratuito em todas as áreas comuns e nos apartamentos. Algumas delas têm ainda sala e cozinha. A mobília rústica de origem camponesa combina com portas e janelas antigas e muros de pedra, que contrastam com as modernas acomodações.

O primeiro dia da Semana Santa, 13 de abril, é ideal para visitas às igrejas, sobretudo nas cidades de Lucca e Arezzo. Já em Castiglione di Garfagnana, a Igreja de San Michele organiza à noite a Processioni dei Crocioni (procissão da cruz). Em Assis, na região da Úmbria, mas facilmente alcançada por quem está circulando pela Toscana, a noite de quinta-feira é marcada pela Scavigliazione, celebração na Catedral de San Ruffino em que uma imagem do Cristo morto é retirada da cruz.

A sexta-feira santa também rende um belo espetáculo em Grassina, a 15 minutos de Florença, que realiza a maior encenação da paixão de Cristo da Toscana, reunindo cerca de 500 figurantes, numa tradição de mais de 300 anos.

Ainda na sexta-feira, uma missa em Castiglion Fiorentino conta com a encenação da última parte da via-crúcis – a ressurreição.

No domingo de Páscoa (16 de abril), os festejos ficam mais alegres, já que esse é o dia que marca a volta de Jesus do reino dos mortos, selando o perdão de Deus à humanidade. Mas é mesmo Florença que sedia o evento mais famoso da Páscoa da Toscana: o Brindellone, ou Scoppio del Carro (explosão do carro), que é tomado de fogos de artifício. O fogo representa a purificação, o renascimento proposto pela Páscoa. Mais informações em www.laticastelli.com