Edição 273Outubro 2017
Quinta, 23 De Novembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 256 Maio 2016

Luiz Carlos Ferraz

Pátio 21. Preço diferenciado garante sucesso

Residencial em Santos está em fase final de acabamento

Pátio 21. Preço diferenciado garante sucesso

Atuando há oito anos no mercado santista, a WDS Construtora e Incorporadora está entregando seu quarto empreendimento: trata-se do Residencial Pátio 21, em terreno com 1.536 metros quadrados, na Rua Oswaldo Cruz, 21. O projeto contempla torre única com 130 apartamentos, de um e dois dormitórios com suíte, lazer na cobertura, excelente acabamento, entre outros itens que marcam o padrão construtivo da WDS.

Lançado em 2013, em meio a um boom de novos empreendimentos, o residencial obteve uma surpreendente velocidade de vendas. Conforme destacou o diretor Luciano Sibinelli, ainda que o Pátio 21 agregue diferenciais que o tornam único em sua categoria, o sucesso foi garantido em função do preço de lançamento, com o metro quadrado sendo comercializado a R$ 5.350.

“Enfrentando uma forte concorrência, fomos em busca de algo singular para o nosso produto”, afirmou o diretor da WDS: “Assim, focando além da qualidade e da planta desenvolvida na inteligência da pesquisa de mercado, investimos na definição do melhor preço, considerando que na época o cliente já havia aprendido a linguagem do valor do metro quadrado”.

O ajuste foi possível após entendimentos com os sócios. “Assim, conseguimos reduzir o preço da unidade. Enquanto a concorrência do mesmo padrão estava em torno de R$ 6.200 a R$ 6.500 o metro quadrado no lançamento, viemos com proposta bem agressiva, o que resultou numa procura muito grande. Em três meses, vendemos entre 70 a 80% do empreendimento”.

O lazer está na cobertura, com piscina e solário, salão de festas com espaço gourmet, integrado com copa, bar e churrasqueira, salão de jogos, sauna e um espaço fitness. “A WDS vem com o conceito de grife. Nossa proposta é fazer um produto moderno, com tecnologia, método construtivo consciente e que atende a expectativa do cliente”, afirma Luciano.

A construção do Pátio 21 envolveu a parceria com profissionais e empresas renomadas no mercado da construção. Os quatro elevadores, dois sociais e dois de serviço, foram fornecidos pela Atlas Schindler.

A Vistoria Final instalou os sistemas de alarme de incêndio, detecção de fumaça e pressurização de escadas de emergência, atendendo o projeto de combate a incêndio aprovado, as instruções técnicas do Corpo de Bombeiros e as normas técnicas da ABNT. Conforme detalhou o diretor, engenheiro João Adelino Duarte Vieira, esses sistemas são interligados com acionamento automático e manual, compostos por detecção de fumaça, sirene audiovisual, acionadores manuais, central digital, ventiladores de dupla aspiração, filtro e controle automático de pressão, com um ano de garantia. “Além disso, todo o treinamento para a Brigada de Incêndio será ministrado pela Vistoria Final”, frisou João Adelino.

Responsável pelo fornecimento de areia, pedra e derivados, a Porto Fortaleza, com sede em Guarulhos, é antiga parceira da WDS. A empresa atua no mercado da construção civil há mais de oito anos e tem como diferencial o fato de possuir porto próprio para fornecimento de matéria prima de alta qualidade, mantendo parceria com pedreiras e portos, o que proporciona variedade de materiais e preços competitivos. Segundo o diretor Silvio Rodrigues, a Porto Fortaleza atende o cliente com rapidez e respeito e, focada na prestação de serviços com excelência, conta com estrutura de vendas interligada com a logística da empresa, frota própria e profissionais qualificados.

Utilizados na obra Pátio 21 e em outras obras da WDS, os produtos da Argamais são reconhecidos por sua qualidade e desempenho superior. Além disso, a utilização de areia natural e cal hidratada proporciona maior rendimento e grande economia de custo por metro quadrado, quando comparada às argamassas concorrentes ou ao sistema “virado em obra”. A Argamais também oferece acompanhamento técnico durante toda obra, contando inclusive com laboratório próprio para ensaios. Outro ponto a destacar é a logística reversa das embalagens descartadas, com certificação de reciclagem para a obra, o que além da economia de caçambas para descarte colabora com o meio ambiente de nosso planeta, enfatizou o diretor Daniel Moscoso.

Os serviços em gesso forros e molduras foram realizados pela Art Decor. Conforme detalhou o diretor Rogério Franco, o sistema drywall, de gesso acartonado, foi aplicado nos forros dos terraços e banheiros das unidades e também nas áreas comuns. “Agradecemos a WDS pela confiança em nosso trabalho em mais um empreendimento de alto padrão”, comemorou Rogério.