Edição 308Setembro 2020
Quarta, 21 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 304 Maio 2020

Sentimentos

Luiz Carlos Ferraz

As reflexões proporcionadas pelo isolamento social geram sentimentos ambíguos. Ao mesmo tempo em que provocam medo – de ser internado, entubado e nunca mais acordar –, inspiram esperança – de continuar vivendo, para lutar contra a propagação da pandemia. É nesta hora que subvertermos o que se espera de um editorial de jornal, ao trocar a previsível posição política, social etc. por um punhado de sentimentos – sim, os sentimentos que afloram, porque atrás de um jornal, um site, uma empresa, existem pessoas! A Região Metropolitana da Baixada Santista, como de resto o país e o mundo, está saturada de informações sobre o novo coronavírus. Não iremos, pois, relembrá-las. Vamos nos dar um tempo. Em vez de enfatizar a tragédia, tratemos agora de escrever sobre sentimentos. São os sentimentos do cidadão, jornalista, pai, marido, amigo, peregrino do Caminho de Santiago. Revivo os meus sagrados dias ao completar 36 anos ao lado de minha amada Sandra, ao comemorar o primeiro aniversário de Billy, nosso filho peludo, e de exultar com a chegada da netinha Ella, fruto do amor de minha filha Juliana e o marido Elan – sabe-se lá quando poderei conhecê-la, eis que a pequena é nascida cidadã norte-americana.

Embora afastado do convívio social, meus dias têm sido intensos, começando cedo com o despertar de Billy, que convida ao passeio para satisfazer suas necessidades, pois assim optou, por três vezes ao dia. São esses passeios, perfeitamente justificáveis diante da quarentena, que driblam a ansiedade que a muitos atormenta. O corpo também é sacudido por exercícios com elásticos e pesos e suprido com uma alimentação balanceada, da atenta Sandra que escolhe bons produtos na feirinha semanal e se esmera na culinária – além de realizar suas tarefas profissionais. No trabalho, o foco é atualizar o site do jornal, as redes sociais, “bater uma bola” com o time de colaboradores visando preparar a edição mensal e… reservando tempo para os temas ligados ao Caminho de Santiago – afinal, os oito livros impressos foram formatados em e-book e os três que constituem a trilogia Pedras do Caminho finalmente estão lançados no mercado. Com alegria e felicidade agradeço a Deus pela saúde, embora convicto de que os sentimentos de tristeza pela pandemia jamais deixarão de me perseguir.

Responder