Edição 298Novembro 2019
Quarta, 11 De Dezembro De 2019
Editorias

Publicado na Edição 294 Julho 2019

Divulgação

Certificação gera economia em edifício

Consumo de energia pode diminuir em 50% e de água em até 40%

Certificação gera economia em edifício

A Schneider Electric participou da Conferência BioEconomic LEED, em Barcelona, na Espanha, dedicada à importância de certificações para o setor hoteleiro e também sobre os benefícios do monitoramento e gestão de energia para os edifícios. Um dos objetivos desse encontro foi dar visibilidade às vantagens dos edifícios com certificação LEED, desenvolvida pelo US Green Building Council. Essa certificação reconhece as estratégias e melhores práticas de construção, tanto em edifícios novos quanto em contexto de reabilitação, garantindo que o edifício tenha menor impacto ambiental e que sua rentabilidade, valorização e conforto de seus ocupantes sejam maiores.

Fatores como a crise energética, as alterações climáticas, a falta de recursos ou o crescimento populacional, estão promovendo uma mudança de paradigma no setor da construção. Edifícios com consumo de energia zero, neutralização das emissões de CO2, respeito pelo meio ambiente e elevado conforto para os ocupantes, são os novos requisitos da construção sustentável.

A possibilidade de monitorar instalações e controlar o consumo de energia pode ser a chave para esses desafios. A implementação de metodologias e sistemas de controle e automação, podem ser o próximo passo para a obtenção de certificações tão exigentes quanto a LEED. Uma certificação que envolve a identificação dos valores ambientais de um edifício dos mais variados segmentos, como hospitalar, comercial, educacional, entre outros, aplicando uma metodologia de avaliação reconhecida a nível global. Alguns desses processos são obrigatórios, como o DL226/2005, atualizado pela portaria 252/2015, o RTIEBT (Regras Técnicas de Instalações Elétricas de Baixa Tensão), que estabelece a regulamentação em instalações elétricas de baixa tensão, ou o DL118/2013 (Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Habitação e o Regulamento de Desempenho Energético dos Edifícios de Comércio e Serviços ). Fernando Ferreira, Ecobuildings Manager da Schneider Electric, afirma que “um edifício com certificação como a LEED pode reduzir o seu consumo de energia em aproximadamente 50%, o consumo de água até 40% e aumentar seu valor imobiliário em 7,5%”. Graças a soluções de IoT, como o EcoStruxure for Hotels, os gestores desse tipo de instalações podem efetuar gestão inteligente de sua rede elétrica, ao mesmo tempo em que controlam a energia e a sustentabilidade do edifício, dos quartos, das áreas comuns etc.