Edição 310Novembro 2020
Segunda, 30 De Novembro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 245 Junho 2015

Divulgação

Programas atendem doenças cardíacas

Pacientes acompanhados por seu médico e equipe multidisciplinar

Programas atendem doenças cardíacas

O Hospital do Coração (HCor), de São Paulo, desenvolve dois programas de cuidados clínicos focados em pacientes com problemas cardíacos: o programa de insuficiência cardíaca e o de infarto agudo do miocárdio. Nestes programas os pacientes são acompanhados por seu médico e uma equipe multidisciplinar especializada, composta por enfermeiros, farmacêuticos, fisioterapeutas, nutricionistas, psicólogos e assistentes sociais, durante toda a internação e até um ano após a alta.

A Insuficiência Cardíaca (IC) é uma síndrome que decorre do enfraquecimento do coração e faz com que este não bombeie sangue de forma eficaz para todos os órgãos do corpo. Os principais sintomas são cansaço, falta de ar, inchaço, entre outros. Um levantamento realizado no HCor em 2013 apontou 943 internações hospitalares de pacientes com IC e de janeiro a agosto de 2014 foram 548 internações, sendo que 32% eram de mulheres.

O Infarto Agudo do Miocárdio (IAM) ocorre quando há a obstrução de uma ou mais artérias do coração e, por isto, o músculo cardíaco não recebe oxigênio e nutrientes para seu funcionamento. Os sinais de que uma pessoa está tendo um infarto são dor no peito, suor excessivo, azia, náuseas e vômitos. Em 2013 houve 265 internações hospitalares de pacientes com infarto agudo do miocárdio, e de janeiro a agosto deste ano foram 189 pacientes, sendo que 30% eram de mulheres.

“O aumento na incidência está relacionado aos avanços terapêuticos no tratamento do infarto, hipertensão arterial e mesmo da insuficiência cardíaca”, afirma o cardiologista do Clinic Check up do HCor, César Jardim. O infarto agudo do miocárdio é primeira causa de mortes no país. Há no Brasil cerca de dois milhões de pacientes com insuficiência cardíaca.

Responder