Edição 275Dezembro 2017
Segunda, 18 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 270 Julho 2017

Cuidados com as lentes de contato

Lentes de contato podem agir como um vetor para micro-organismos aderirem à superfície ocular. Sem resistência, eles invadem e colonizam a córnea ou conjuntiva, provocando inflamação e até mesmo infecção ocular. De acordo com o oftalmologista Renato Neves, diretor-presidente do Eye Care Hospital de Olhos, de São Paulo, quem opta pelo uso de lentes de contato em vez de óculos tem de estar bastante ciente da importância dos cuidados ao usar, manusear e limpar o produto: “A ceratite é uma das doenças mais frequentemente associadas com o uso de lentes de contato. Trata-se de uma infecção que provoca dor intensa nos olhos e dificuldade de visão. Quando não tratada a tempo, as consequências são bastante graves e vão desde a perda parcial ou total da visão, até desdobramentos no sistema nervoso central”.

Neves afirma que é muito comum, entre os usuários de lentes de contato, negligenciar alguns cuidados, como lavar as mãos antes de pegar a lente de contato, secar bem a caixinha ao lavá-la e não usar soluções de limpeza de outro fabricante. No Brasil, estima-se que mais de dois milhões de pessoas façam uso de lentes de contato. Trata-se de um número que tende a crescer rapidamente, já que pelo menos metade da população a partir dos 18 anos precisa de correção visual. Daí a urgência em aprender a usar lentes de contato da forma mais correta possível.