Edição 275Dezembro 2017
Segunda, 18 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 248 Setembro 2015

Divulgação

Corumbá atrai turistas

Corumbá, às margens do rio Paraguai: aumento de 3% no volume de turistas

Corumbá atrai turistas

Conhecida como “Capital do Pantanal”, Corumbá, no Mato Grosso do Sul, tem no turismo uma das grandes forças de sua economia. Com o bioma ocupando 60% de seu território, a cidade é porta de entrada para brasileiros e estrangeiros interessados em conhecer as belezas naturais de um dos mais ricos ecossistemas do planeta.

No primeiro semestre deste ano, 115,9 mil turistas, brasileiros e estrangeiros, movimentaram meios de hospedagem, restaurantes e demais serviços ligados ao turismo, o que gerou R$ 104,1 milhões à economia da cidade, de acordo com o Observatório do Turismo de Corumbá, organização que coleta dados sobre o segmento na região.

Até o fim do ano, a expectativa é superar a marca dos 214.564 turistas registrada em 2014 e alcançar um crescimento de 3%. Segundo o levantamento, a maior parte dos visitantes (74,8%) veio do Brasil, liderados pelo Sudeste (34,9%), Centro-Oeste (33%) e Sul (15,68%). A presença dos estrangeiros também é marcante, especialmente de holandeses, franceses e ingleses. Se considerado todo o estado, foram 61,9 mil visitantes internacionais no ano passado, 49,3% a mais do que em 2013, devido à Copa do Mundo.

No início do ano, o bioma foi eleito o quarto melhor destino para apreciação de vida selvagem no mundo, em votação promovida pelo portal de notícias dos Estados Unidos, o USA Today. Além disso, Corumbá tem seu conjunto histórico, arquitetônico e paisagístico tombado desde 1993 pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.