Edição 310Novembro 2020
Sexta, 04 De Dezembro De 2020
Editorias

Publicado em 9/05/2016 - 11:02 am em | 0 comentários

Divulgação

Sansex retrata luta contra o preconceito e busca por igualdade

“Um Olhar de Marte”: cotidiano de um casal homossexual

Sansex retrata luta contra o preconceito e busca por igualdade

Até a próxima sexta-feira 13, o Museu da Imagem e do Som de Santos (MISS) recebe a “Mostra Diversa”, uma iniciativa do Museu da Diversidade Sexual, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. O objetivo é apresentar um panorama contemporâneo de projetos culturais inovadores com temas relacionados às identidades de gênero e às orientações sexuais. Na terça-feira 17 é comemorado o Dia Internacional de Combate à Homofobia.

A versão que irá para Santos da mostra é composta de duas exposições fotográficas: “Um Olhar de Marte”, na qual os artistas captam a sensibilidade de um casal homossexual em seu cotidiano e a “Mais amor para todos”, que retrata histórias de amor na luta pela diversidade em trabalhos com famílias e casais. A mostra fará parte da programação da Sansex, mostra de Cinema e da Cultura da Diversidade Sexual da cidade.

O Museu da Diversidade promove a itinerância de exposições com o objetivo de valorizar cada vez mais a diversidade sexual por meio da arte em diferentes espaços e para diferentes públicos. No mês de maio, as cidades de Pelotas e São Bernardo do Campo também receberão exposições.

O Centro de Cultura, Memória e Estudos da Diversidade Sexual, conhecido como Museu da Diversidade, foi inaugurado pelo Governo do Estado de São Paulo em junho de 2012. O espaço foi criado com o objetivo de garantir a preservação do patrimônio cultural da comunidade LGBT brasileira, por meio da coleta, organização e divulgação de referências materiais e imateriais ligadas ao movimento. O Museu da Diversidade é mantido pela Secretaria de Estado da Cultura, por meio da Assessoria de Cultura para Gêneros e Etnias.

O MISS está localizado na Avenida Senador Pinheiro Machado, 48, na Vila Matias, e funciona das 9 às 18 horas.

“Mais amor para todos”: luta pela diversidade Divulgação

“Mais amor para todos”: luta pela diversidade

Responder