Edição 275Dezembro 2017
Domingo, 17 De Dezembro De 2017
Editorias

Publicado em 22/09/2017 - 8:49 am em | 0 comentários

Divulgação

Imagine Brazil aceita inscrições pelo site até o próximo dia 29

Festival é voltado para jovens músicos

Imagine Brazil aceita inscrições pelo site até o próximo dia 29

Realizado no Brasil pela Organização Social de Cultura Amigos do Guri, o festival internacional Imagine Brazil acontecerá pela terceira vez no País. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 29, sexta-feira, pelo site: br.imaginefestival.net/

Podem se inscrever solistas ou grupos de até oito pessoas, com idade de 13 a 21 anos. Conforme o cronograma do festival, no dia 9 de outubro serão divulgados os selecionados para a fase semifinal. Haverá semifinais regionais em São José do Rio Preto (28/10), Sertãozinho (11/11), Marília (18/11) e Indaiatuba (25/11). A final será em São Paulo, em 2 de dezembro. O vencedor disputará a final internacional em 2018, na Europa.

O Imagine foi criado pela Jeunesses Musicales International (JMI), maior ONG de música para jovens do mundo. A versão estrangeira do Imagine ocorre em cerca de 10 países.

Além de valorizar a mistura de estilos musicais, o festival incentiva o contato com diferentes culturas e a troca de experiências. O vencedor do Imagine Brazil ganha uma vaga na final internacional e workshop preparatório que ajudará no preparo para a disputa, que ocorre no ano seguinte, na Europa, com todas as despesas pagas.

A pré-seleção faz parte da primeira rodada da competição e será feita por um comitê interno da Amigos do Guri e membros do júri. Serão analisados os formulários de inscrição e a mídia MP3 enviadas pelos inscritos e inscritas. Até 40 grupos ou artistas serão contemplados para competir ao vivo nas semifinais. Cada semifinal classificará três finalistas.

Nessas quatro fases eliminatórias, os participantes serão avaliados nos quesitos: qualidade musical e interpretação; comunicação e carisma; originalidade e repertório; e preparação.

O corpo de jurados será composto por quatro músicos/musicistas profissionais brasileiros, um representante da Amigos do Guri e um membro da JMI (como presidente e moderador). Eles escolherão 12 finalistas das semifinais regionais, que irão direto para a final, que ocorre na cidade de São Paulo, no dia 2 de dezembro, de onde sairá o grande vitorioso do Imagine Brazil.

A Diretora Executiva da Amigos do Guri, Alessandra Costa, comenta sobre a oportunidade: “O Imagine Brazil já é reconhecido como excelente porta de entrada para o mundo profissional da música e promove uma rica troca de experiências entre jovens de diferentes origens e estilos. Nessa terceira edição, acreditamos que os candidatos que vivenciaram as etapas em anos anteriores irão se empenhar ainda mais na busca por uma vaga e inspirar a inscrição de novos músicos”.

Os escolhidos para a grande final contarão com vivências inéditas, workshops e master classes com profissionais da cena musical brasileira de diversas especialidades. Serão atividades voltadas ao desenvolvimento artístico, entre elas: gerenciamento de carreira, performance de palco, práticas coletivas de música e produção.

Quem vencer o Imagine Brazil 2017 irá participar da final internacional do Imagine – com todas as despesas pagas pelo concurso –, em 2018, concorrendo com vencedores de vários países, na Europa.

Vencedores da primeira edição brasileira, em 2015, a banda de heavy metal Sephion competiu em 2016 com grupos de vários países, na Croácia.

O trio Retrato Brasileiro ganhou a segunda edição do concurso. Para eles, o Imagine abriu as portas para uma carreira profissional. “Até a primeira fase da competição nós não tínhamos nos apresentado em público. Era tudo novo e ver a recepção da plateia e do júri foi a melhor coisa que podia ter acontecido. A partir daquele momento, começamos a ver o nosso trabalho de outra maneira, profissional e musicalmente”, disse Gabriel Peregrino, um dos integrantes do trio que garantiu a vaga para a final internacional que ocorrerá em novembro, na Holanda: “Hoje, estamos em uma rotina de ensaios e elaboração de projetos, graças a esse impulso que o Imagine deu. Além da proposta que foi apresentada no festival, passamos a desenvolver outros projetos, novas parcerias e canções autorais. Participar da final internacional é muito empolgante. Temos novos arranjos e estamos muito confiantes”.