Edição 300Janeiro 2020
Segunda, 27 De Janeiro De 2020
Editorias

Publicado em 12/01/2020 - 5:57 pm em | 0 comentários

Divulgação

“Histórias de Botafogo”: curiosidades, mistérios, sexo e humor

Botafogo, Rio de Janeiro: “bairro mais descolado do Brasil”

“Histórias de Botafogo”: curiosidades, mistérios, sexo e humor

Proclamado o “bairro mais descolado do Brasil”, Botafogo, no Rio de Janeiro, guarda cinco séculos de história em seus quase cinco quilômetros quadrados, entre Humaitá, Flamengo, Urca e Copacabana. Um prato cheio para o jornalista Antonio Augusto Brito, que reuniu curiosidades no livro “Histórias de Botafogo”, primeiro projeto cultural do site de boas notícias Curta Botafogo, em www.curtabotafogo.com

O livro foi viabilizado graças à parceria do site com o Instituto Brasileiro de Oftalmologia (IBOL), a TGB Imóveis e a Associação de Moradores e Amigos de Botafogo (AMAB). O lançamento oficial, com coquetel e sessão de autógrafos, será nesta sexta-feira, às 19 horas, na Livraria da Travessa de Botafogo, na Rua Voluntários da Pátria 97.

O jornalista Antonio Augusto Brito, editor do site Curta Botafogo, buscou inspiração nos fatos e personagens que dão nome às ruas de Botafogo para contar histórias curiosas – às vezes, trágicas; outras, engraçadas –, quase sempre desconhecidas e surpreendentes, que tiveram como cenário o simpático bairro da Zona Sul carioca em seus mais de quatro séculos de existência.

Nas 50 crônicas selecionadas, não faltam dramas, crimes, arte, mistério, revoltas políticas e até um triângulo amoroso. Entre as informações e curiosidades reveladas pelo autor, estão origens dos nomes de ruas do bairro, a relação entre a comunidade Santa Marta e o Colégio Santo Inácio, o golpe de estado que foi impedido numa batalha campal na rua da Passagem e o primeiro acidente de carro registrado no Brasil.

Botafogo não é bairro de passagem. É de passagens: curiosas, divertidas, misteriosas, picantes. Seja para quem gosta de História ou histórias; seja para quem mora, quem trabalha ou se diverte em Botafogo; o livro é uma viagem no tempo e um delicioso passeio pelo passado do bairro, da cidade, do país.

Sobre os parceiros, o Instituto Brasileiro de Oftalmologia (IBOL) foi fundado em 1970 e é referência em Oftalmologia no Brasil. A empresa escolheu Botafogo para construir sua sede, uma das clínicas mais modernas e aparelhadas em sua especialidade do país, inaugurada na Praia de Botafogo 206, em 2001, e, desde então, faz parte da história do bairro.

“O IBOL é referência até para o dia a dia do bairro de Botafogo. Sua sede tornou-se tão conhecida que, ao pegarmos um táxi no Rio de Janeiro, não é necessário dar o endereço, basta falar que o destino é o IBOL que todos os taxistas já sabem que devem se dirigir à Praia de Botafogo. Ao comemorar seus 50 anos, o IBOL não poderia deixar de unir o útil ao agradável, prestigiando este maravilhoso livro de crônicas sobre o bairro que nos acolheu com tanto carinho. Parabéns ao IBOL e ao bairro de Botafogo”, comemora Felipe Fernandes Prado, gestor administrativo do IBOL.

A TGB Imóveis, empresa fundada pelo empresário Rogério Chor em 2005, é proprietária de mais de 400 imóveis em Nova York e no Rio de Janeiro. Em Botafogo, bairro onde possui diversas lojas de rua, foi a responsável pela construção do número 100 da rua Nelson Mandela, que, aliás, foi construída pela TGB. A empresa também reformou a Praça Nelson Mandela, transformando o local num importante polo de gastronomia e lazer.

“A ideia do jornalista Antonio Augusto Brito de contar curiosidades de Botafogo é ótima! É imprescindível destacar todos os aspectos culturais e históricos de um dos bairros mais importantes para a evolução do Rio de Janeiro”, destaca Guili Chor, diretor da TGB Imóveis.

Criada em 1979, no início da redemocratização, a Associação de Moradores e Amigos de Botafogo (AMAB) tem estado à frente de todas as principais lutas da comunidade junto ao poder público, reivindicando melhorias e combatendo os abusos, que nunca foram poucos. Com Regina Chiaradia na presidência desde 1998, a AMAB vem tendo papel de destaque na recuperação do bairro nos últimos 40 anos.

“O bairro de Botafogo sempre teve destaque na vida da cidade do Rio de Janeiro e na história do país. Foi aqui que viveram, por exemplo, a rainha Carlota Joaquina e o advogado, político e diplomata Rui Barbosa. Durante um período do século passado, foi visto como um bairro de passagem, mas, nos últimos anos, Botafogo vem se destacando na vida cultural da cidade. Não à toa foi parar na 28ª posição na lista dos 50 bairros mais descolados do mundo – o único do Brasil – do portal de turismo norte-americano Time Out, que fez uma pesquisa com seus editores e especialistas espalhados pelos quatro cantos do planeta. Descolado hoje, cenário de histórias diversas desde o século XVI, o bairro tem muito a revelar. E foi a isso que o jornalista Antonio Augusto Brito se propôs”, explica Regina Chiaradia, presidente da Associação de Moradores e Amigos de Botafogo (AMAB) desde 1998.