Edição 304Maio 2020
Sexta, 29 De Maio De 2020
Editorias

Publicado em 9/01/2020 - 7:45 am em | 0 comentários

Divulgação

Como incluir a bicicleta na busca de autoestima e qualidade de vida

Pedalar com frequência em 2020

Como incluir a bicicleta na busca de autoestima e qualidade de vida

Ano Novo é tempo também de se repensar a forma como estamos nos locomovendo no dia a dia e a Tembici, que atua no segmento de micromobilidade, como incentivadora do uso da bicicleta como meio de transporte, separou dicas que podem motivar a adotar a bike e torná-la parte da sua rotina.

Segundo Tomás Martins, CEO da Tembici, a bicicleta está cada vez mais presente no dia a dia dos paulistas, principalmente durante a semana para realizar deslocamentos de até 3 km de distância ou para completar o último trecho ao trabalho: “O que comprova esse crescimento são as duas contagens realizadas no centro de São Paulo. Por exemplo, na República circularam por lá 1.609 ciclistas, quase 65% mais viagens que no ano passado. São aproximadamente 115 deslocamentos em bicicleta por hora. Já na Avenida Paulista o número total de ciclistas este ano foi 3.203, ou seja, 51% a mais que a última contagem”.

Percorrer distâncias em até 30 minutos pode ser mais rápido do que utilizar transporte público, pois andar de bike permite fugir dos engarrafamentos e reduz o tempo do deslocamento. Além disso, só o fato de fazer uma atividade física enquanto se vai ao trabalho é capaz de diminuir a irritação nas ruas.

Outro fator importante que a bike proporciona é que o tempo que se gastaria dirigindo até o local de trabalho, poderá ser gasto cuidando da saúde. Além disso, haverá economia de dinheiro com gasolina! Estudos comprovaram também que pessoas que se exercitam têm uma melhora de 65% na qualidade do sono, gerando mais produtividade!

Quem anda regularmente de bike é mais resistente a doenças emocionais, como a depressão e ansiedade, além de aliviar o estresse. Depois daquela reunião interminável ou aquela DR com o crush, em vez de ficar remoendo o assunto, é bom dar uma volta no bairro ou ir até o parque mais próximo. Além de ajudar a refletir, renova.

Se associada a uma dieta saudável, a rotina em pedalar tonifica os músculos, pois ciclismo trabalha musculatura posterior da coxa, panturrilha, glúteos, quadríceps, além do abdômen, ombros, braços e antebraço.

Um ponto onde normalmente se gasta uma parcela considerável do orçamento é o deslocamento diário – seja com utilização transporte público ou com manutenção de automóvel. E por se considerar esse um gasto básico e imprescindível, raramente se pensa em mudar a forma de deslocamento, sendo necessário avaliar alguns números:

Considerando o valor atual da passagem na capital paulista, por exemplo, uma pessoa que utiliza transporte público duas vezes por dia gasta diariamente R$ 8,80. Em um mês, o custo total é de R$ 176. O plano anual do Bike Sampa custa R$ 160 e você pode fazer viagens ilimitadas #ficaadica.

A magrela é um veículo movido pela força do condutor, sem precisar de combustível. Assim, a bicicleta não emite gases poluentes na atmosfera que causam o efeito estufa e o aquecimento global.

Não tem sensação melhor que se locomover tranquilamente de bicicleta por aquela fila de carros parados no congestionamento, não se sentir imobilizado no trânsito, poder olhar o chão e o céu, notar casas, pessoas, cheiros, sons, árvores e pássaros.

Para quem pretende adotar novos hábitos no ano novo, não se deve esquecer de usar roupas e calçados adequados e confortáveis, capacete e uma garrafinha de água para se manter hidratado durante as pedaladas.

Responder