Edição 308Setembro 2020
Segunda, 26 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado em 12/08/2020 - 7:18 am em | 0 comentários

Leandro Ordonez/Secom-PMS

Aberta licitação para contratar gestão do Centro de Atividades Turísticas

Conclusão do CAT está programada para outubro

Aberta licitação para contratar gestão do Centro de Atividades Turísticas

A Prefeitura de Santos abriu processo licitatório para contratar a empresa privada que fará a gestão do Centro de Atividades Turísticas (CAT), na Ponta da Praia. Os detalhes foram publicados em edital na edição do Diário Oficial de Santos de segunda-feira passada. A empresa vitoriosa será a que apresentar a maior oferta pelo uso do CAT, que pertence à Prefeitura de Santos. O valor deve incluir a gestão, operação, exploração comercial e manutenção do equipamento, bem como a exploração de receitas acessórias.

“A empresa vencedora destinará receita para o munícipio para fazer a gestão do CAT, que será uma referência para o país”, disse o prefeito Paulo Alexandre Barbosa: “Profissionais da área de eventos garantem que, após a pandemia, espaços grandes como o nosso serão os mais procurados”.

O recebimento dos envelopes com as propostas foi marcado para 10 de setembro, às 10 horas, na Rua Dom Pedro II, 25, 4º andar, Centro Histórico.

Com 85% da obra concluída, o CAT conta com revestimento em parte da fachada e diversas estruturas da área interna instaladas. A expectativa é que esteja pronto para entrega até outubro.

Em torno do edifício são realizadas obras de drenagem e a reurbanização da Praça Almirante Gago Coutinho. “O pavilhão de feiras está com 70% do piso concretado. O hall de entrada e a bilheteria também já estão bem avançados, com iluminação e colocação de piso em granito. E as duas escadas rolantes estão posicionadas, em processo de montagem”, afirmou o arquiteto da Prefeitura Glaucus Farinello, gestor do projeto da Nova Ponta da Praia.

Segundo ele, a cobertura do edifício se encontra em fase de acabamento, enquanto a área externa vai ganhando o visual planejado: “Avançamos no revestimento externo, parte em placas metálicas, parte em fulget (mistura de cimento com pedras, com aspecto granulado)”.

Também foram iniciadas as obras de ampliação da Praça Almirante Gago Coutinho, com limpeza do terreno, demolição parcial do antigo mercado de peixes – alguns arcos serão mantidos – e delimitação do espaço onde haverá um espelho d’água.

Próximo ao edifício, estão em andamento a reestruturação da rede de drenagem e a implantação de novas conexões de esgoto. Pare este serviço, houve alteração temporária no tráfego de saída da balsa.

O CAT e as demais intervenções da Nova Ponta da Praia são promovidas pela iniciativa privada como compensações obrigatórias previstas na Lei de Uso e Ocupação do Solo (LUOS) para empreendimentos em áreas determinadas da cidade. Não há investimento de recursos por parte do município.

Responder