Edição 310Novembro 2020
Quinta, 03 De Dezembro De 2020
Editorias

Publicado em 25/04/2016 - 11:10 am em | 0 comentários

Divulgação

41ª São Paulo Fashion Week agita a semana com novidades

São Paulo Fashion Week: tema "Mãos que valem ouro"

41ª São Paulo Fashion Week agita a semana com novidades

Inicia hoje e prossegue até sexta-feira a 41ª edição do São Paulo Fashion Week (SPFW N41), no Parque do Ibirapuera – Pavilhão da Fundação Bienal, com novos segmentos se associando à moda e celebrando a chegada de novas marcas ao calendário, do beachwear à moda masculina. Haverá a estreia de A.Brand, À La Garçonne, Amir Slama, Cotton Project, Murilo Lomas e Vix. A marca capixaba Amabilis, selecionada no projeto Top Five, realizado pelo IN-MOD em parceria com o Sebrae também desfilará nesta edição. Com o tema “Mãos que valem ouro”, o SPFW celebra a capacidade humana de se repensar, de colocar a mão na massa, se reinventar e recomeçar.

Em meio a discussões globais sobre velocidade, universalidade e imediatismo das informações, resultado direto das novas mídias e tecnologias disponíveis, o SPFW sai mais uma vez na frente, como primeira semana de moda do mundo a anunciar o alinhamento de seu calendário com a chegada dos lançamentos ao varejo a partir de 2017.

“Vivemos um período de intensas transformações. Somos todos protagonistas de um novo ciclo que se inicia. Mais do que nunca temos a oportunidade de potencializar e compartilhar verdades, essências, experiências,” afirma Paulo Borges, diretor criativo do SPFW: “Há 21 anos o que nos uniu nessa crença numa plataforma de comunicação tendo a moda como elemento propulsor foi a possibilidade de fazer a diferença e materializar transformações a partir de temas, ações e discussões propostos a cada edição. O território da moda permite essa imersão e provocação, e faz parte da nossa alma. Neste sentido sempre trouxemos questões pioneiras e desafiadoras”.

O SPFW foi a primeira semana de moda do mundo a transmitir os desfiles ao vivo pela Internet e acreditar na força das redes. A primeira semana de moda Carbon Free do mundo e primeira a abordar o tema do consumo consciente. É a única a impor uma idade mínima para desfilar no evento como forma de preservar a saúde das modelos e a fomentar a diversidade étnico-racial nas passarelas. Foi ainda parceiro de campanhas institucionais nas áreas de saúde, cidadania, meio ambiente e inclusão social. Há dois anos iniciou uma parceria com a ArteSol – Artesanato Solidário, reforçando ainda mais a sua crença no valor da cultura brasileira e do patrimônio imaterial dos saberes e fazeres tradicionais dos artesãos brasileiros.

Agora, com a discussão global sobre a necessidade de adequação do calendário de moda à realidade atual do consumidor cada vez mais ligado às redes sociais e do mercado, o SPFW torna-se a primeira semana de moda a oficializar essa mudança, aproximando o desfile do varejo e não usando mais a nomenclatura das estações. Daí a escolha por identificar a edição pelo número, SPFW N41 em abril de 2016, desaparece da comunicação oficial do evento o uso de “verão” ou “inverno”.

Reconhecido como um espaço de criação, sempre aberto a novas possibilidades, o evento se consolidou como uma plataforma para que diversas marcas convivam e participem deste ambiente de inovação. Esse posicionamento claro do SPFW demonstra seu comprometimento com a evolução e fortalecimento do mercado como um todo e tem atraído novos segmentos e parceiros que compartilham desta mesma visão e que garantem uma contínua renovação do evento. SPFW N41 contará com 19 patrocinadores, além de parceiros institucionais e apoiadores. Natura, Mercedes-Benz, American Airlines, Coca-cola, Brasken são algumas das marcas que participarão ao lado de Iguatemi São Paulo, Riachuelo, Visit Florida, M Martan, Euro, Schweppes, TNT, Magnum, Miller, para citar alguns.

O tema desta edição discute a riqueza do fazer que materializa sonhos e ideias. “O ouro faz alusão a tudo que é precioso e valioso. E o nosso fazer é precioso. Estamos em um momento único no país, onde há muitas dúvidas. É hora de olhar para o futuro, colocar a mão na massa e fazer acontecer”, comenta Paulo Borges, diretor criativo do SPFW.

Logo na entrada do evento, o público é recebido por uma instalação que remete diretamente ao tema do evento com a exposição de trabalhos artesanais de diversas regiões do país, com curadoria e direção artística da Artesol.

A moda se alinha a movimentos de inovação e criatividade, próprios de início de século, aguçando sentidos e libertando para experimentar o novo. As transformações que desejamos são feitas por aqueles que colocam “a mão na massa”. Se a criatividade nos diferencia, nossas mãos valem ouro. Ouro que está na nossa formação, em nossa capacidade de transmutar e brilhar.

Siga SPFW nas redes sociais para mais informações e novidades: facebook.com/SPFW instagram.com/SPFW twitter.com/SPFW

Responder