Edição 310Novembro 2020
Domingo, 29 De Novembro De 2020
Editorias

Publicado em 20/04/2017 - 9:20 am em | 0 comentários

Divulgação

16ª Hair Brasil apresentará o “martelinho de ouro da beleza”

Terapia promete eficácia no combate à celulite

16ª Hair Brasil apresentará o “martelinho de ouro da beleza”

Começa amanhã a 16ª Feira Internacional de Beleza, Cabelos e Estética – Hair Brasil, no Expo Center Norte, na capital paulista, e, entre as atrações, será apresentado o Thork, equipamento de ondas de choque fabricado no Brasil que promete acabar com todos os tipos de celulite. O evento acontecerá até segunda-feira 24 e poderá ser visitado das 10 às 20 horas.

Estudos mostram que a celulite afeta oito em cada 10 mulheres no mundo todo. No Brasil já existem diversos tratamentos contra os temidos “furinhos na pele”, porém, novidades como o Thork Shock Wave prometem revolucionar o cuidado com o corpo e dar fim ao aspecto “casca de laranja”, seja na barriga, bumbum ou pernas. O equipamento foi criado pela Ibramed e é a primeira tecnologia de ondas de choque com fabricação 100% nacional.

Diferente dos equipamentos importados e já disponíveis no mercado, o Thork apresenta mais eficácia no tratamento devido a tecnologia diferenciada dos aplicadores. “A tecnologia brasileira não necessita de um compressor de ar interno para gerar as ondas de choque. O Thork Shock Wave possui bobinas no interior do aplicador que geram um campo magnético capaz de oferecer dois efeitos simultâneos: impacto mecânico no tecido e cavitação, permitindo excelentes resultados contra a celulite, gordura localizada e flacidez de pele”, explica Renata Guidi, pesquisadora e fisioterapeuta da Ibramed.

A técnica estimula a vascularização e oxigenação da área tratada colaborando com a diminuição da retenção de líquido e aumentando a produção de colágeno e a elastina da pele, sendo praticamente indolor para a paciente. “A energia produzida pelo Thork é transferida ao paciente por meio de um aplicador de ondas de choque radiais acoplado à pele, que traz resultados eficazes em aproximadamente três meses – de 8 a 12 sessões, duas vezes por semana”, explica a especialista.

Responder