Edição 290Março 2019
Sexta, 19 De Abril De 2019
Editorias

Publicado na Edição 290 Março 2019

A hora de cada um

Luiz Carlos Ferraz

Em meio à patifaria que há décadas turbina a República do Brasil, a Operação Lava Jato segue contabilizando resultados positivos, ainda que a passos tímidos, colocando alguns poucos corruptos na cadeia, mesmo que apenas por horas ou dias, dando a sensação de que o império da impunidade está sendo solapado. Será? Evidente que não é bem assim, pois ao mesmo tempo em que se comemora a decisão de juízes insuspeitos – em contraponto à proliferação de habeas corpus concedidos por ministros suspeitos –, é possível constatar que as costumeiras práticas da tradicional política sem vergonha vão de vento em popa, pelo baixo nível dos conchavos entre um Executivo atrapalhado e um Legislativo esfomeado, sob o olhar complacente do Judiciário e a quase paralisação do Ministério Público… Ou seja, no instante em que as instituições ditas democráticas poderiam estar funcionando de maneira célere e firme, a avaliação honesta é que muito, mas muito mesmo, ainda precisa ser feito para o resgate da credibilidade desses poderes. Torcida não falta. Mas, a torcida pouco importa. É preciso mais para que possamos festejar a vitória da moralidade e a hora de cada um ser exemplarmente punido.