Edição 273Outubro 2017
Domingo, 19 De Novembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 272 Setembro 2017

Pitch Gov.SP está com inscrições abertas até 15 de outubro

Pitch Gov.SP está com inscrições abertas até 15 de outubro

Segunda edição do programa Pitch Gov.SP está com inscrições abertas até 15 de outubro em busca de soluções de jovens empresas para desafios da administração pública do Estado de São Paulo. Serão selecionadas 16 startups para enfrentar 42 desafios em oito áreas: Educação, Estatística e Análise de Dados, Finanças Públicas, Habitação, Saneamento e Energia, Saúde, Transparência e Transportes. Podem participar empresas ou entidades com cadastro nacional de pessoas jurídicas (CNPJ) há menos de sete anos. Acesse www.pitchgov.sp.gov.br


Secretaria estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência forneceu equipamentos de tecnologia assistiva para a Biblioteca Municipal Poeta Paulo Bomfim de Itanhaém, na Baixada Santista: ampliador automático, scanner leitor de mesa, teclado ampliado, mouse estacionário, software de voz sintetizada para atuação com o software leitor de tela NVDA e computador.O projeto “Acessibilidade em Bibliotecas” é uma parceria entre a pasta e o Fundo de Interesse Difusos (FID) da Secretaria de Justiça e Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo, para permitir que pessoas com deficiência visual tenham acesso à leitura em 62 bibliotecas municipais.


Prefeitura de Santos assinou convênio com o Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo (Creci-SP), por meio do qual os profissionais prestarão assessoria técnico-científica gratuita. O prefeito Paulo Alexandre Barbosa disse que a parceria irá colaborar no andamento dos processos administrativos. Para o presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, o convênio também possibilitará reconhecimento da sociedade ao serviço prestado pela categoria: “Os profissionais exercerão um trabalho voluntário que beneficiará a sociedade santista”.


Professora do Programa de Pós-graduação em Desenvolvimento Territorial de América Latina e Caribe (TerritoriAL) da Unesp, Silvia Beatriz Adoue informa que são quatro as Terras Indígenas (TIs) Guarani que estão sob ameaça iminente de privatização no Estado de São Paulo: a TI de Jaraguá (nos municípios de São Paulo e Osasco), a aldeia Renascer Ywyty Guaçu (em Ubatuba), a aldeia Tekoha Paranapuã (em São Vicente) e a TI Pakurity (no Vale do Ribeira). São TIs parcialmente sobrepostas por Unidades de Conservação (UCs) do Estado. “A presença guarani no Planalto de Piratininga e na Serra do Mar é anterior à invasão europeia”, alerta Adoue: “Portanto, estamos falando de povos pré-existentes à constituição do Estado brasileiro e, claro, à determinação dessas áreas como UCs”.

CARTAS para esta coluna: Jornal Perspectiva, Consumidor & Cidadania, e-mail: redacao@jornalperspectiva.com.br