Edição 292Maio 2019
Quarta, 22 De Maio De 2019
Editorias

Publicado na Edição 289 Fevereiro 2019

Divulgação

Pets dentro do condomínio

Seed, na Vila Olímpia: terraço Pocket Forest e área comum Petfriendly

Pets dentro do condomínio

Apostando no mercado pet – o Brasil possui mais de R$ 32 milhões de pets, em sua maioria cães e gatos, num mercado que movimenta R$ 25 bilhões por ano e continua em crescimento –, a Gamaro Incorporadora entrega em março o edifício Seed. O residencial ocupa terreno de 2.805,09 metros quadrados na Vila Olímpia, na capital paulista, e contempla terraço Pocket Forest e área comum Petfriendly, ou seja, os animais terão espaço especial para passear e brincar.

“Quando as pessoas adotam seus pets, eles adequam suas vidas para que haja uma boa adaptação e os animais se sintam felizes. Para isso é importante espaços que sejam criados para recebê-los da melhor forma”, explica Vinicius Amato, diretor de Incorporação da Gamaro, conhecida por seus projetos disruptivos, como o prédio de moradia compartilhada.

Ele acrescenta que é uma demanda já existente e o Brasil está atrasado neste assunto: “Assim como todo condomínio existirão regras a serem respeitadas e que serão adaptadas durante a implementação do projeto, mas agora com uma visão para os pets terem mais liberdade”.

Espaços como esses são importantes porque atendem as pessoas que procuram a segurança de um condomínio com a possibilidade de brincarem com seus cães e gatos na área comum do prédio que foi projetada especialmente para esse público, com piso de granite emborrachado que facilita a limpeza. O local também foi equipado com troncos e telas para os animais desfrutarem uma experiência de brincar com elementos naturais.