Edição 273Outubro 2017
Sábado, 18 De Novembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 272 Setembro 2017

Em busca da Cidade Inteligente

Cidade_smartSede do I Fórum de Cidades Digitais do Leste Paulista, que reuniu gestores, vereadores e empresários para tratar de inovações nos serviços públicos, Vinhedo é exemplo de cidade digital no País. Os investimentos tecnológicos e infraestrutura preparada para a aplicação do conceito de cidade inteligente, também a credencia para receber o projeto piloto nacional de Internet das Coisas.

Entre as inovações do projeto Soluções Integradas Municipal (SIM) Vinhedo Digital, estão a criação do cartão único para atendimento do cidadão e a implantação do sistema para abertura de empresas online em menos de 24 horas, informa o secretário de Administração e presidente do Comitê de Tecnologia da Informação e Comunicação de Vinhedo (CTIC), Gustavo Mattos.

Simultaneamente, o prefeito Jaime Cruz anunciou novos investimentos em tecnologia na Saúde, com a disponibilização da consulta online, a partir da segunda quinzena de outubro, do estoque de medicamentos, possibilitando que a população saiba onde encontrar e, quando em processo de compra, o aviso para aguardar a entrega na unidade.

Segundo o secretário, a rede composta por 80 km de fibra óptica possibilitou a informatização total das principais secretarias como Saúde, Educação e Assistência Social, e ainda a disponibilização de internet gratuita para a população, com cobertura de 80% da área urbana e velocidade dedicada de 1MB: “A tecnologia é, sem dúvida, uma ferramenta que auxilia na gestão pública, proporcionando ao gestor informações precisas sobre o município e, assim, trazendo agilidade, assertividade e excelência na prestação dos serviços públicos. O desenvolvimento da cidade hoje está relacionado diretamente à capacidade de investir na tecnologia da informação”.

Mattos ressalta a importância de as Prefeituras incluírem as Tecnologias da Informação e Comunicação como estratégicas para desenvolver as localidades e impactar positivamente na vida das pessoas: “Os municípios que pretendem adotar a tecnologia como aliada na gestão pública devem, como primeiro passo, estabelecer um planejamento estratégico, com análise detalhada de cada secretaria, dos dados do município, para assim traçar metas e ações que possam elevar ao patamar de Cidade Digital e, na sequência, Cidade Inteligente”.