Edição 310Novembro 2020
Sábado, 05 De Dezembro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 242 Março 2015

Claudio Magario/Seicom-PMSV

Academias ao ar livre estimulam exercícios

Linha Amarela, no Catiapoã: arte de grafiteiros do Programa Vias Vivas

Academias ao ar livre estimulam exercícios

Adotando a orientação de que a prática de esportes melhora o condicionamento físico e diminui os riscos de doenças cardíacas, São Vicente montou sete academias ao ar livre, administradas pela Secretaria de Esportes, Turismo e Lazer (Sesportur). Com acesso aberto a moradores e turistas, as academias estão em praças, parques e centros comunitários, e são equipadas com peitoral duplo, puxador duplo, leg press, esqui, bicicleta e simulador de caminhada triplos. Para facilitar os iniciantes, os espaços possuem placas que indicam como fazer os exercícios e alongamento.

Como o programa municipal prevê ampliação, por enquanto foram contemplados os seguintes pontos: praças Kotoku Iha, no Parque Bitaru; Oswaldo Cruz, no Parque São Vicente; Engenheiro Carlos Alfredo Hablitzel, no Boa Vista; Manoel Alves da Silva, na Cidade Náutica; Centro Esportivo Beija-Flor, na Vila Margarida; Parque Ecológico Voturuá, no Voturuá. A mais nova, na Linha Amarela, no Catiapoã, ganhou a arte de grafiteiros do Programa Vias Vivas, da Secretaria de Cultura.

O praticante poderá aliar o exercício ao contato com a natureza na academia instalada na entrada do Parque Ecológico, um dos pontos turísticos mais visitados do Município, com 825.500 metros quadrados de área verde da Mata Atlântica, que é uma das últimas reservas dentro da zona urbana da cidade. No local, também há várias espécies da fauna brasileira. São mais de 150 animais divididos em aves, répteis e mamíferos, como leões, um casal de onças e um hipopótamo de três toneladas, saguis, macacos-prego… O parque funciona de terça-feira a domingo, das 9 às 17 horas, com entrada gratuita.

Responder