Edição 273Outubro 2017
Quinta, 23 De Novembro De 2017
Editorias

Publicado na Edição 265 Fevereiro 2017

Divulgação

Obsessão pelo corpo perfeito

Vigorexia: exagero que compromete corpo e mente

Obsessão pelo corpo perfeito

A prática de exercícios deve ser feita com cautela, sem dispensar o acompanhamento profissional. E, algumas vezes, não só do profissional de Educação Física, como também de um psicólogo, que pode ajudar aqueles que, na busca do corpo perfeito, acabam exagerando e comprometendo seriamente o corpo e a mente.

A psicóloga Carla Ribeiro explica que vigorexia, mais conhecida como Transtorno Dismórfico Muscular ou Síndrome de Adonis, é o nome dado ao excesso no culto ao corpo, que pode causar danos ao indivíduo psicologicamente: “Esse transtorno é caracterizado pelo indivíduo que pratica exercícios físicos exageradamente e apresenta uma obsessão por sua aparência física. O paciente que apresenta vigorexia não percebe os avanços do seu corpo e nunca está satisfeito com sua aparência. Para essas pessoas, o resultado da malhação nunca está bom o suficiente”.

De acordo com a especialista, o vigoréxico desenvolve sintomas obsessivos compulsivos: “O paciente se exercita excessivamente e passa a adotar uma dieta muito restritiva, em uma busca eterna pela aparência perfeita. Quanto mais o paciente se exercita, mais ele fica insatisfeito. A imagem de si mesma quase nunca condiz com a realidade. Os principais sintomas são dores musculares, excesso de cansaço, fome, irritabilidade excessiva e, principalmente, ansiedade”.

Carla explica que grande parte das pessoas que apresentam esse transtorno recorre ao uso de esteroides e anabolizantes, que podem ocasionar problemas de saúde ainda mais graves.