Edição 285Outubro 2018
Terça, 23 De Outubro De 2018
Editorias

Publicado na Edição 257 Junho 2016

Sobradão é restaurado em Ubatuba

Está em fase final os trabalhos de restauro da cobertura do Sobradão do Porto de Ubatuba, no litoral Norte de São Paulo, único casarão da cidade que restou dos tempos do ciclo do café. A primeira fase do restauro, classificada como emergencial, envolve também a recuperação da fachada e das portas e janelas externas.

O edifício foi construído em 1846 e declarado patrimônio em 1959 pela Secretaria do Patrimônio Histórico, Arqueológico e Arquitetônico Nacional (Sphan). “Substituímos parte do madeiramento do telhado, limpamos todas as peças de maneira manual para retirada de líquens e de vegetação e lavamos cada telha uma a uma”, contou Antonio Luis Ramos Sarasá Martin, do Estúdio Sarasá, conservador responsável pelo acompanhamento do restauro.

Os 380 metros quadrados da cobertura do Sobradão correspondem a cerca de 6.000 telhas, detalhou Martin: “A maior parte delas passou por três etapas de limpeza. A primeira mais grossa, a segunda mais fina, com uma escova, e a terceira de finalização com jato d’água. Algumas foram substituídas por telhas de tamanho similar ao original, que é de 60 cm de comprimento por 22 de largura”.

O trabalho no telhado envolveu ainda a hidratação de todo o madeiramento com óleo de linhaça, a descupinização e a substituição de partes apodrecidas, assim como a colocação de manta de subcobertura para aumentar a proteção: “As telhas também estão sendo todas amarradas para não haver problemas de deslocamento”. O mesmo tratamento será feito na madeira dos caixilhos externos, ou seja, batentes, portas e janelas: “Toda marcenaria que estiver comprometida vai ser substituída com o mesmo desenho do original. Além da conservação preventiva com hidratação e aplicação de cupinicida, esses itens receberão um fundo preparador e pintura com tintura à óleo”.