Edição 353Junho 2024
Sexta, 19 De Julho De 2024
Editorias

Publicado em 18/06/2024 - 6:55 am em | 0 comentários

Divulgação

Investir no bem-estar do profissional é estratégia inteligente de negócio

Reduzir custos e aumentar a produtividade

Investir no bem-estar do profissional é estratégia inteligente de negócio

A saúde dos colaboradores deixou de ser um benefício adicional nas corporações e se tornou um componente central na estratégia empresarial. “Um ambiente de trabalho saudável vai além de oferecer um plano de saúde. Envolve uma abordagem holística que abrange bem-estar físico, mental e emocional alinhada com a cultura organizacional. E equilibrar o bem-estar dos funcionários com os recursos financeiros da empresa é o ponto chave para os gestores das corporações”, defende o economista Fabio Ongaro, CEO da Energy Group.

O empresário reconhece que, com o aumento dos custos médicos e mudanças econômicas, oferecer um ambiente saudável integralmente e planos atraentes sem comprometer a sustentabilidade financeira corporativa é um dos principais entraves das companhias que possuem cultura organizacional consciente.

Além disso, do ponto de vista empresarial, investir na saúde dos profissionais não é somente uma questão de responsabilidade social, mas também uma estratégia inteligente de negócio. “Temos balanços de empresas que adotaram serviços integrados conosco, na Energy Care Health, e relataram uma redução de até 20% nos custos com saúde, além de um aumento de 15% na produtividade dos colaboradores. Esses números demonstram claramente o impacto positivo de investir na saúde dos funcionários”, frisa Ongaro.

Ele destaca que um ambiente corporativo saudável envolve pilares, como Plano, Prevenção, Medicina do Trabalho e Ocupacional, Análise dos dados e suas interpretações, Assistência ambulatorial, remota ou presencial, e Assistência Psicológica: “São áreas extremamente integradas que devem ser gerenciadas com o objetivo de alcançar economias imediatas e, automaticamente, de longo prazo, proporcionando o bem-estar do principal ativo de qualquer empresa: o capital humano”.

O empresário complementa que os benefícios de saúde nas empresas estão se expandindo para programas proativos de bem-estar, que incluem atividades físicas, podendo ser com academia no local, aulas de ioga, e incentivos para atividades ao ar livre; saúde mental com acesso a terapeutas, sessões de meditação e workshops sobre gestão de estresse; nutrição, proporcionando opções de alimentação saudável e workshops sobre o tema; e equilíbrio trabalho-vida pessoal através de políticas profissionais flexíveis e programas de apoio à família.

Responder