Edição 309Outubro 2020
Quinta, 29 De Outubro De 2020
Editorias

Publicado na Edição 306 Julho 2020

Divulgação

Trintões com os dias contados

Objetivo é tirar o famigerado “pau-velho” das ruas e estradas

Trintões com os dias contados

Nelson Tucci

Não confie em ninguém com mais de trinta anos

Não confie em ninguém com mais de trinta cruzeiros

O professor tem mais de trinta conselhos

Mas ele tem mais de trinta, oh mais de trinta

Oh mais de trinta, oh mais de trinta…

Quem viveu a década de 1970 há de lembrar da letra inteira da música chamada “Com mais de 30”, de Marcos e Paulo Sérgio Valle. A coisa se popularizou de tal forma que pessoas, filmes ou objetos com mais de 30 eram motivo de sarcasmo. Mas agora, sem a graça daqueles anos 70, o governo quer tirar nada menos que 100 mil veículos das estradas, por motivos de segurança e de eficiência no transporte. É o programa Frota Verde que começará por Santa Catarina.

Por videoconferência, o secretário de Fazenda de Santo Catarina, Paulo Eli, conversou com o pessoal do Ministério da Economia, a fim de estabelecer as condições para a adoção do programa Frota Verde que o governo lançará, a partir de um projeto piloto em SC. Objetivo é tirar o famigerado “pau-velho” das ruas e estradas, a fim de se ter mais segurança, menos poluição e, claro, mais economia de combustível também, porque um veículo com um ou dois anos de uso é bem mais eficiente que aquele fabricado há 30 ou 40 anos.

“Em 2019, implementamos a Tributação Verde no estado, que trouxe um novo paradigma econômico. Como temos uma das melhores infraestruturas e logísticas do país, participar do programa Frota Verde irá auxiliar na transformação para um ambiente ainda mais seguro aos catarinenses. A partir de agora, iremos criar grupos de trabalho e desenvolver as dinâmicas necessárias para a implementação”, disse o secretário, após a conferência.

A fase inicial do projeto terá como meta a reciclagem de veículos pesados (caminhões, reboques, ônibus e implementos agrícolas). De olho nos incentivos ao empresariado local, o presidente da Federação das Empresas de Transporte de Carga e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc), Ari Rabaiolli, entende que o programa Frota Verde irá beneficiar os empresários catarinenses. “O programa é uma integração em rede entre os governos federal e estadual, bem como junto ao setor produtivo de bens e serviços, para a reciclagem dos veículos pesados, uma vez que temos uma frota antiga muito poluente”, disse Margarete Gandini, coordenadora-geral de Ambiente de Negócios do Ministério da Economia.

De acordo com a Agência Nacional do Transporte Terrestre (ANTT), a idade média da frota de veículos de carga nacional é 11,8 anos. No entanto, o índice não contabiliza os veículos próprios de carga. O programa Frota Verde ainda não tem uma data exata, mas espera-se que seja colocado em prática “brevemente”. Até lá deverão ser estabelecidas as condições de financiamento e de reciclagem compulsória para aqueles com mais de 30.

Responder