Edição 320Setembro 2021
Sábado, 16 De Outubro De 2021
Editorias

Publicado na Edição 319 Agosto 2021

Solução financeira vence desafio da Bloomberg

Uma ferramenta tecnológica para acompanhar a evolução de um tipo especial de fundo de investimento negociado em bolsa – facilitando o monitoramento do impacto de uma série de fatores macroeconômicos, como preço do petróleo, câmbio, juros e inflação –venceu o primeiro hackathon promovido pela Bloomberg no Brasil. A solução foi desenvolvida por equipe formada por quatro alunos do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP, em São Carlos, e um estudante da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). A Bloomberg promoveu a competição Top of Quants com o objetivo de aproximar os estudantes do mercado e das ferramentas utilizadas pelas empresas que atuam na área.

Para criar a ferramenta vencedora da competição, os estudantes aprenderam a usar a plataforma de desenvolvimento BQuant, que foi criada pela Bloomberg e emprega a linguagem Python. “Utilizando conhecimentos de ciência de dados e de bibliotecas Python, geramos uma série de insights para visualizar padrões e previsões do mercado financeiro”, explica Luca Bottino, que cursa Ciências de Computação no ICMC.

Além de Luca, a equipe chamada Numbers Doing Trade (NDT), contou com a participação de mais três alunos do instituto: Enzo Bustamante e Vinícius Baca, que estudam Sistemas de Informação; e Enrico Robazza, que cursa Engenharia de Computação, curso oferecido em parceria com a Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). O quinto membro do time é Érico Faustino, que faz mestrado na área de computação na Unicamp.

A solução tem como foco ajudar analistas de investimento a monitorarem o fundo conhecido como Exchange Traded Fund (ETF).

Responder